O que é a Dieta Flexível e como fazer?

O que é a Dieta Flexível e como fazer?

Olá pessoal, aqui é o Dr. Rocha novamente. Como vão vocês?

No artigo de hoje, trago informações e desvendo as dúvidas de um novo modelo de alimentação que está entrando na moda, mas que não é tão saudável quanto pregam por aí: a dieta flexível.

DESCUBRA O SEGREDO PARA EMAGRECER RÁPIDO!

A dieta flexível é um estilo alimentar que calcula a quantidade de macronutrientes – que são os carboidratos, gorduras e proteínas que uma pessoa pode ingerir por dia dentro de uma quantidade pré-estabelecida.

Esse tipo de alimentação é muito semelhante à dieta dos pontos, porém com uma diferença básica. Ao invés de se calcular a quantidade de calorias, a dieta flexível calcula a quantidade de macronutrientes permitidos para ingestão.

Como a Pessoa faz para Seguir essa Dieta?
perda de pesoPara seguir esse tipo de dieta, a pessoa deve entrar em sites que possuam as chamadas calculadoras de IIFYM (“If It Fits Your Macros”) e adicionar seus dados pessoais, como peso, altura, idade, sexo, práticas de atividades físicas e demais informações.

Após o preenchimento dos dados, o sistema então, calcula a quantidade de carboidratos, gorduras e proteínas que o indivíduo pode consumir, de acordo com seus objetivos colocados no site.

Os sites colocam três objetivos para a pessoa escolher. São eles:

Perda de peso;
Ganho de massa muscular;
Manutenção de peso.
Na aba de perda de peso, a pessoa pode escolher obter o resultado de maneira normal, agressiva e até mesmo imprudente. Já o objetivo de massa muscular só pode ser alcançado por meio de uma forma meticulosa, segundo o programa. A manutenção de peso, é a forma mais controlada de se alimentar por meio de sites que montam uma dieta flexível.

Dieta Flexível e Saúde
Como médico e preocupado com a saúde das pessoas de uma maneira geral, tomei conhecimento desse tipo de dieta, assim que ela foi lançada. Entretanto, muitas de minhas alunas, tiveram conhecimento desse modismo alimentar somente agora e me questionaram: Dr. Rocha, a dieta flexível é saudável?

Eu respondo que não. Na verdade, a dieta flexível é mais um modismo alimentar e totalmente inconsequente, uma vez que não há um profissional da saúde apto para auxiliar a pessoa em suas escolhas alimentares.

Eu como profissional da saúde, abomino esse tipo de dieta, por conta dos riscos à saúde que ela pode trazer a seus praticantes, que anseiam por um corpo bonito a qualquer custo.

Saiba mais: Phytophen comprar

dieta flexível e saúde

Riscos à saúde
Por pensar unicamente em macronutrientes a dieta flexível é um grande risco à saúde de seus praticantes. Mostrarei a seguir, como seguir essa metodologia alimentar pode fazer com que as pessoas fiquem doentes.

Deficiência de micronutrientes
deficiência micronutrientes A dieta flexível preconiza apenas a ingestão de macronutrientes, ou seja, carboidratos, gorduras e proteínas. Os micronutrientes são deixados de lado e isso é um perigo.

Os micronutrientes são as vitaminas e os minerais, que se fazem presentes principalmente em vegetais folhosos. Se uma pessoa segue um planejamento alimentar focado apenas em macronutrientes, as chances de deixar de consumir alimentos realmente saudáveis à saúde são grandes.

A deficiência de micronutrientes pode desregular o organismo como um todo, uma vez que esses compostos participam ativamente de uma série de reações fisiológicas.

Leitura Recomendada
Dietas que Matam: Descubra Agora porque as dietas da moda não passam de falsas promessas.
Ausência ou excesso de macronutrientes

Por calcular diretamente a quantidade de macronutrientes, a dieta flexível não leva em conta necessidades específicas dos indivíduos, como práticas de atividades físicas, biótipo, fome biológica, rotina de trabalho e até mesmo presença ou ausência de patologias.

Riscos à saúde
A ausência de micronutrientes ou desequilíbrio de macronutrientes, traz uma série de riscos à saúde de seus praticantes, podendo desencadear patologias como:

Raquitismo;
Osteoporose;
Doenças inflamatórias intestinais;
Esterilidade;
Beribéri;
Anemia;
Escorbuto;
Infecções generalizadas;
Gordura no fígado;
Dermatites;
Alergias;
Diabetes;
Câncer.

Modismos Alimentares Não São Benéficos
dieta da sopa Em algumas situações eu já deixei claro para todos que me acompanham, quão perigoso pode ser ir na onda desses modismos alimentares.

Na maioria das vezes, seguir uma dieta maluca, como a dieta da sopa, a dieta dos pontos e agora a dieta flexível pode até causar um efeito erroneamente positivo em um primeiro instante. No entanto, esses efeitos duram por pouco tempo e rapidamente os danos à saúde podem ser percebidos. Uma das principais consequências de modismos alimentares é o efeito sanfona.

O efeito sanfona é caracterizado, pela perda de peso, seguida pelo ganho de mais peso. Por exemplo: uma pessoa perde 5 quilos em uma semana, mas nos dias seguintes ela começa a ganhar peso e no final das contas ela engorda 7 quilos.

O efeito sanfona é uma forma de defesa do organismo, que ocorre após uma agressão fisiológica, onde o mesmo foi submetido a um estresse nutricional, geralmente causado por um modismo alimentar.

Alimentação Estratégica é o Caminho para uma Vida Saudável
Como gosto de dizer, se alimentar de modo saudável é mais simples e prazeroso do que muita gente imagina. Uma das melhores formas de alimentação é a estratégica.

A alimentação estratégica consiste em:

Diminuir o consumo de carboidratos;
Ingerir livremente vegetais folhosos;
Consumir gorduras e proteínas de qualidade.
Ao diminuir o consumo de carboidratos, como pães, massas, doces, bolos e cereais, automaticamente se evita o aumento dos níveis de glicose sanguínea e liberação de insulina. O excesso de carboidratos facilita o aumento de gordura corporal, causando sobrepeso e obesidade, o que facilita a ocorrência de uma série de doenças.

Os vegetais folhosos devem ser consumidos em grande quantidade, pois, garantem o aporte necessário de vitaminas, minerais, fitoquímicos e fibra alimentar, mantendo todo o equilíbrio, do organismo.

As gorduras de qualidade ofertam energia ao organismo, sem causar aumento de açúcar no sangue e as proteínas são capazes de fornecer o suporte necessário para manutenção tecidual e fortalecimento do sistema imunológico.

Por isso, eu digo e repito: não caiam em modismos alimentares, prezem pelo simples. Ao se alimentar estrategicamente, você estará nutrindo seu corpo de forma adequada e ganhando com saúde.

Rugas e flacidez

Rugas e flacidez

Como a sutura ajuda nas rugas e flacidez?
A sutura é um fio que é colocado dentro da pele, num primeiro momento, promove a sustentação dada pela tração do fio. Num segundo momento, tem a sustentação dada pelo colágeno, que é estimulado pelo material de que é feito o fio, que é o ácido polilático.

Esse ácido estimula a produção de colágeno, que você vai perdendo ao longo do tempo.

Depois de quanto tempo que colocou o fio o paciente sente os resultados?
Na hora sente o resultado que é dado pelo fio. Você puxa o fio e a pele já levanta e, ao longo dos meses, vai sentindo a firmeza no toque pela produção de colágeno. Então, ao longo de meses.

Saiba mais: Proteína asiática

Para tratar rugas e flacidez é um tratamento menos invasivo?
Ele não é o menos invasivo porque o fio é colocado dentro da pele, mas tem um resultado muito bom e é um dos tratamentos mais indicados para a flacidez inicial.

Uma pessoa mais velha, nos seus 60 até 70 anos, que já tem a indicação da cirurgia plástica, não vai dar um resultado satisfatório, não tem indicação.

Quais são as áreas do rosto que podem ser beneficiadas pelo tratamento?
São três áreas principais:

A sobrancelha, que melhora o olhar porque se faz a elevação da cauda da sobrancelha;
A região malar e a bochecha, melhorando o aspecto do famoso bigode chinês;
A região da mandíbula, melhorando o contorno e a boca com as laterais caídas, melhorando aquele aspecto de “bulldog”.

Como é feita a colocação do fio?
O médico especialista, que normalmente é cirurgião plástico ou dermatologista, faz a avaliação inicial para ver o local que vai colocar o fio, faz a marcação na pele e a anestesia local, que é feita nos pontos para  passar a microagulha dentro da pele – são três pontos de anestesia bem no local.

Como o fio passa no subcutâneo, que é uma região da pele que não tem enervação, o paciente não sente o fio. A anestesia é para o furinho da agulha que vai levar o fio.

Quanto tempo dura o procedimento?
Dura de trinta minutos a uma hora e meia, isso depende da quantidade de fios que o paciente que colocar.

Pode-se colocar um fio de cada lado ou até três ou quatro fios. Então, quanto mais fios, mais demorado será o procedimento.

Há casos de rejeição?
Não, não há casos de rejeição. Nenhum relato de casos de rejeição.

Por quanto tempo ele mantém a firmeza do rosto?
Ele mantém em torno de 18 meses, mais ou menos.

No primeiro momento, há aquela tração dada pelo fio e, ao longo desses 18 meses, quando o fio está sendo absorvido pela pele vai tendo o estímulo de colágeno, o paciente vai sentindo a pele mais firme.

O paciente pode recolocá-lo?
Sim, colocou em uma área, sentiu que ficou bom e quer colocar em outra área, também dá para colocar.

A sutura é usada não só em face, é usada em qualquer área do corpo, tem sido usado  até no umbigo, perna, braço e pescoço.

As pessoas conseguem perceber?
No começo, dá para perceber porque tem a tração dada pelo fio e a pele fica repuxada, mas depois de duas ou três semanas vai acomodando e não é possível perceber nada.

Há restrições depois do tratamento?
Se o paciente trabalha com público não vai querer ir porque fica com a pele repuxada. Ele sente a ruguinha no rosto, próximo à orelha e leva um tempo para acomodar.

As restrições existem, vai precisar ter um cuidado maior por três semanas, para não correr o risco do fio arrebentar:

Não pode fazer atividade física;
Não pode fazer movimentos muito bruscos com o rosto (para não correr risco de o fio arrebentar);
Não pode mastigar alimentos muito duros.

Pés ressecados? Faça um hidratante caseiro para os pés!

Pés ressecados? Faça um hidratante caseiro para os pés!

Pés rachados e ressecados, como proceder? Essa é uma dúvida frequente de muitas mulheres. Assim como a pele do corpo e do rosto, os nossos pés necessitam de hidratação e cuidados constantes. Porém, muitas vezes esquecidos e negligenciados, os pés tendem a ficar ressecados e visualmente feios. Para você ter pés bonitos e lisinhos, o Lar Natural preparou algumas dicas e uma receita com ingredientes baratos e fáceis de encontrar.

Dicas para ter pés de fada
A pele dos pés tende a ser mais grossa e resistente, por isso, se o uso de hidratantes não for suficiente, recorra a pedra-pomes ou lixa específica que elimina as células mortas e a formação de calos.

O uso de cremes hidratantes é de extrema importância para ter pés bonitos e lisinhos.

Use um creme hidratante próprio para os pés todos os dias, assim você terá pés sempre muito bem hidratados ou opte pela hidratação caseira, igualmente eficaz e muito mais barata.

Leia também: pé ressecado tratamento

No banho, não se esqueça de higienizar bem os pés, esfregue entre os dedos e o calcanhar. Jogar apenas água não é o suficiente para limpar completamente os pés.
Muitas pessoas quando vão ao salão costumam retirar a cutícula da unha dos pés, isto é um grande erro. A cutícula é a proteção natural da unha, por isso não deve ser retirada. O recomendado é hidratar a cutícula e empurrá-la para o canto do dedo.

Agora vamos à receita!

Hidratante caseiro para os pés de amêndoas
Ingredientes
1/4 de xícara de amêndoas moídas

1/4 de xícara de farinha de aveia

3 colheres de sopa de manteiga de cacau

2 colheres de sopa de mel

Modo de preparo e uso
Junte em uma tigela, a farinha de amêndoa e de aveia, a manteiga de cacau e o mel, mexa sempre a cada adição.

Após isso, espalhe o produto nos pés e coloque uma meia de algodão imediatamente após a aplicação do creme. Deixe agir durante a noite toda.

É importante que as meias sejam de fibras naturais para permitir que os pés possam respirar. Na manhã seguinte retire o creme com água, em poucas aplicações você terá pés muito mais hidratados e lisinhos.

Recomendações
O cuidado com os pés é muito importante, afinal são eles que carregam todo o peso do nosso corpo. E quando não tratados com o devido cuidado, podem sofrer danos não apenas na estética, mas também na saúde, como por exemplo, dores nas costas e nas pernas. Por isso, cuide sempre muito bem dos seus pés!

Se você gostou deste artigo, poderá se interessar também por:

Conheça os 5 principais elementos que definem uma pele saudável

Conheça os 5 principais elementos que definem uma pele saudável

Um estilo de vida saudável e um cuidado correto podem melhorar e prolongar a saúde da sua pele, além de resultar em uma aparência luminosa. Para isso, existem os ingredientes naturais para cuidar e hidratar a pele para que ela fique sempre bonita e saudável.

Elementos presentes em uma pele saudável
O segredo? São estes cinco elementos vitais: vitamina, proteína, antioxidante, lipídio e enzima. Saiba mais sobre cada um a seguir.

Lipídio: É uma molécula orgânica hidrofóbica. Ele cria uma barreira protetora, reduzindo a perda de água transepidermal mantendo a pele hidratada e prevenindo o ressecamento.

Leia também: Pele saudável como manter

Antioxidante: Combate os radicais livres prevenindo a degradação de colágeno e elastina. Por isso, ajuda a proteger a pele dos danos causados por fatores externos como a poluição e a exposição ao sol em excesso.

Proteína: Têm propriedade de retenção de água e reforçam a barreira protetora da pele. Assim, é um componente-chave para uma pele saudável.

Vitamina: Elementos como as vitaminas E, B6, B3 e B1 fazem parte de uma pele saudável. A vitamina E tem ação antioxidante e papel fundamental em processos anti-inflamatórios. Já a vitamina B6 auxilia no metabolismo de proteínas e gorduras; a vitamina B3 ajuda a manter a saúde da pele, da boca e dos olhos; e a vitamina B1 é essencial para o suprimento energético celular.

Enzima: importante para a esfoliação da pele, além de potencializar os resultados.

Como obter esses ingredientes?
AVEENO® tem uma linha completa de sabonetes líquidos e hidratantes que contam a tecnologia ACTIVE NATURALS® que preserva os cinco elementos vitais para uma pele saudável. Todos os produtos são formulados com a aveia coloidal – esta aveia finamente moída é proveniente de um processo de moagem especial que assegura elevados padrões de qualidade. Esse processo garante que os efeitos hidratante e calmante da aveia sejam preservados, tornando o produto ideal para o alívio da pele seca, extrasseca e delicada.

Problemas de pele em cachorro e gato: como resolver?

Problemas de pele em cachorro e gato: como resolver?

Você tem percebido o seu pet lambendo, mordendo ou coçando repetidamente alguma parte do corpo dele? Ainda que seja normal que nossos pets se limpem sozinhos, excesso de lambidas, mordidas e coceiras podem indicar problemas de pele em cachorro ou gato.

Procure na pele do seu pet sinais de machucados, vermelhidão, perda de pelos ou outros tipos de anormalidades. Encontrou algo estranho e que possa estar indicando problemas de pele em cachorro ou gato? Não deixe de consultar seu veterinário de confiança!

Problemas de pele em cachorro

Possíveis causas de problemas de pele em cachorro ou gato
Enquanto alguns problemas de pele não indicam nada grave e desaparecem sozinhos depois de alguns dias, outros podem causar muito incômodo e precisam ser examinados por um profissional.

Isso acontece porque seu pet pode desenvolver problemas na pele por excesso de coceira para aliviar incômodos causados por pulgas, carrapatos, micoses ou alergias, mas também é possível que o problema de pele seja sintoma de algo mais sério, como uma infecção ou até um tumor. Na dúvida, a opinião de um profissional deve ser a primeira coisa a se levar em conta!

Leia também: Problemas de pele

Cachorros, especialmente os de raças muito ativas, podem adquirir o hábito de se lamberem repetidas vezes em determinada região (mais comumente nas pernas dianteiras) e, com isso, criarem machucados e calos.

Alergia a pulgas (e, às vezes, até o uso prolongado de coleiras antipulgas), reações a determinados componentes da ração e muitas outras ocorrências podem causar inflamações e infecções de pele em questão de horas, assim como problemas muito mais sérios, como disfunção do sistema imunológico e até câncer, podem fazer com que apareçam machucados na pele dos cachorros ou gatos.

Como tratar problemas de pele dos pets em casa
Se você perceber que seu pet está se coçando muito e causando machucados em si mesmo, procurar por pulgas e carrapatos pode ser um bom começo. Um banho de shampoo antipulgas e carrapatos acompanhado de produtos de uso tópico ou oral podem assegurar a segurança do seu pet contra estes parasitas muito incômodos.

Lembre-se, também, que a prevenção de pulgas e carrapatos também deve ser feita em todo o ambiente frequentado pelos pets, não somente no corpo deles.

Shampoos e condicionadores especiais para coceira podem aliviar demais alergias que seu pet estiver apresentando, assim como sprays e óleos de uso tópico podem auxiliar na cicatrização das feridas.

Cão deitado sobre cachorrinho de pelúcia

Quando consultar o veterinário?
Marque uma consulta sempre que você perceber sinais estranhos na pele do seu pet, como perda de pelos, escamação, vermelhidão e inflamações. Perda de apetite e desânimo atípico também são sinais que exigem atenção!

Seu veterinário irá examinar a pele e a pelagem do seu pet, podendo pedir, em seguida, por biópsias e exames de sangue para identificar as causas dos problemas de pele. O tratamento varia muito de acordo com a causa, é claro, mas grande parte dos problemas de pele em cachorros e gatos é tratada com shampoos medicinais, óleos ou antibióticos.

E como evitar que meu pet tenha problemas de pele?
Ainda que você nem sempre possa prevenir problemas de pele no seu pet, veja algumas medidas básicas que você pode tomar para reduzir as chances de ter problemas:

Sempre alimente o seu pet com ração de alta qualidade, rica e balanceada;
Escove os pelos do seu pet regularmente, evitando emaranhados e removendo pelos mortos;
Inspecione frequentemente a pele e a pelagem do seu pet. Ao sinal de qualquer anormalidade, fale com seu veterinário;
Estabeleça uma rotina de prevenção de carrapatos e pulgas;
Lave com frequência a casinha, a caminha e toda a área onde seu pet circula;
Esteja em dia com a carteira de vacinação do seu pet e faça checkups anuais com ele.
Para ter acesso a produtos de excelente qualidade para tratar de problemas de pele em cachorro ou gato, encontre a unidade Petz mais próxima a você e venha nos fazer uma visita!

Flacidez de pele tem tratamento!!!

Flacidez de pele tem tratamento!!!

Para conquistar o visual desejado, às vezes não basta somente uma alimentação mais saudável e atividades físicas regulares – precisamos combater também os efeitos indesejados da gravidade na pele. Se esse problema te incomoda, aposte nos tratamentos estéticos.

drenagem-linfatica

Vale lembrar que existem dois tipos de flacidez. A que acomete o músculo e a que compromete a pele.

flacidez 4

A primeira surge principalmente pela falta de atividade física. Ou seja, para tratá-la só com muita malhação.

Já a flacidez da pele surge por variados fatores, dentre eles, o excesso de sol, gravidez, envelhecimento e o conhecido “efeito sanfona”. Todos eles levam ao enfraquecimento das fibras de colágeno e elastina, afetando sua função e sua aparência. A elastina vai perdendo a sua elasticidade natural devido à redução do número de fibras elásticas e de outros componentes do tecido conjuntivo. O declínio das funções desse tecido faz com que as camadas de gordura sob a pele não consigam permanecer uniformes e a degeneração das fibras elásticas, aliada a diminuição da velocidade de troca de oxigenação dos tecidos, provoca desidratação da pele, tendo como resultado o surgimento àquela aparência flácida na pele.flacidez 5

Os dois tipos podem ocorrer juntos ou separados, além disso, a flacidez da pele aparece em vários níveis de intensidade. Quando se trata de uma flacidez intensa, em níveis avançados, com sobra de pele, a única solução é a cirurgia plástica. Porém quando ela ocorre em níveis leves a moderados, o aspecto da pele pode ter significativa melhora com a combinação de recursos estéticos não invasivos.

Por isso antes de iniciar qualquer tratamento, é importante passar por uma avaliação especializada para checar qual o tipo de flacidez você possui e quais técnicas são indicadas para seu caso.

O tratamento combinado para FLACIDEZ da pele consiste na aplicação simultânea de técnicas e suplementos. Tornando-se assim mais eficaz para reparação do problema.

Leia também: Flacidez

Dentre a gama de aparelhos e técnicas ofertadas no mercado, utilizo no meu consultório, a Radiofreqüência (ACCENT), cremes tensoativos de alta penetração, endermologia vibratória e drenagem linfática manual. Dentre esses, o mais importante no combate a flacidez é o Accent, aparelho que produz um grande aquecimento na área tratada, ocasionando a contração das fibras colágenas existentes e estimulando a formação de novas fibras, tornando-as mais eficientes na sustentação da pele. As outras técnicas associo na mesma sessão para potencializar o tratamento.flacidez

São necessárias pelo menos 6 sessões para cada região escolhida. Em média o intervalo entre elas é de 20 dias.

Então não perca mais tempo, procure o especialista mais próximo de você e fique livre da flacidez!

*Este post foi escrito por Priscilla Galinari, que é Fisioterapeuta (Crefito4 133310F) graduada pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e pós-graduada em Fisioterapia Dermato-Funcional pela Universidade Gama Filho.

Apaixonada pelo seu trabalho é adepta aos tratamentos personalizados misturando diferentes técnicas para esculpir o corpo de suas pacientes.

Atende no Espaço Allure em Belo Horizonte (tel. 31 3262 3555), um centro multidisciplinar com foco em dermatologia clínica e estética que oferece uma grande variedade de tratamentos corporais e faciais.

DESITIN AZUL X DESITIN ROXO – VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

DESITIN AZUL X DESITIN ROXO – VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

“Amiga, você vai viajar para comprar o enxoval do baby? Compra DESITIN, 10 potes azuis e 10 potes roxos, tá!

Aí você gravidinha, com seu “pãozinho no forno”, pensa: “Oi? Do que ela tá falando?”

Brincadeiras a parte, apesar de já termos Desitin à venda nas farmácias do Brasil, muita mamãe de primeira viagem não sabe o que é. Mas calma, eu explico!!!

Desitin é a pomada queridinha das mamães que viajam para comprar o enxoval nos Estados Unidos, realmente ela é maravilhosa e podemos encontrar o famoso “potão”.

Aqui no Brasil, temos ótimas pomadas também, mas todas são vendidas em tubo. Lá um pote custa USD 14,00, o equivalente a R$ 49,00 (considerei o dólar a R$3,50).

MAS AFINAL QUAL A DIFERENÇA ENTRE O DESITIN AZUL E O ROXO?
Ambos são cremes preventivos de assaduras e devem ser usados a cada troca de fraldas. Porém o ROXO é mais forte, pois tem algumas substâncias a mais em sua formulação.
O fabricante recomenda usar Desitin AZUL todos os dias para prevenção de assaduras e o Desitin ROXO para quando o baby começa a ficar assadinho e a pele estiver mais sensível.
Mas não é uma regra, muitas mães usam em todas as trocas de fralda o ROXO e tem mamãe que só usa o AZUL.

Leia também: Hipoglós reclamações

QUAL A QUANTIDADE DE DESITIN QUE DEVO COMPRAR NA HORA DO ENXOVAL?
Um pote dura em média 6 meses (na minha casa), faça o cálculo de quantos você vai precisar até poder viajar novamente para comprar.

Mas atenção meninas, atentem para a data de validade, não adianta comprar 6 potes se não forem usá-los até o vencimento.

QUAL A DIFERENÇA DO DESITIN AMERICANO PARA O BRASILEIRO?
Nas farmácias aqui está a venda apenas o AZUL e a principal diferença é que aqui não vendem em pote, somente em tubo.

Mas se você for “cri-cri” como eu, vai reparar que a textura é diferente, parece menos cremoso.

É isso mamães, espero ter ajudado! Vamos manter o bumbum dos nossos babys livres de assaduras.

E se quiser saber mais sobre os melhores produtos para os bebês ou for fazer enxoval nos EUA, ofereço consultoria de enxoval para gestantes.

Olheiras

Olheiras

Olheiras são marcas profundas de cor arroxeada, que se formam em volta das pálpebras. Essas surgem devido o acúmulo de melanina e a congestão de vários vasos sanguíneos da pele das pálpebras e nesta região a pele é mais fina e tende a escurecer mais facilmente.

Apesar de não ser nenhum indício de doença e não causar desconforto físico, as olheiras revelam noite mal dormida.

A falta de sono é uma das principais causas do problema, porém pálpebras escurecidas podem ser provocadas também por vários fatores como cansaço, estresse, doenças sistêmicas, período pré-menstrual.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉
Existem dois tipos de olheiras, aquelas resultantes dos aspectos acima citados e as olheiras crônicas, determinadas geneticamente.

Leia também: clarear olheiras

Tanto homens quanto mulheres são afetados igualmente pelas olheiras.

Não existe uma prevenção eficaz contra as olheiras, porém algumas medidas podem ser tomadas para suavizá-las como uma noite bem dormida, compressas de água fria com camomila e cremes com arnica.

Gel redutor de medidas não funciona sozinho para redução de celulite e gordura localizada

Porém, ele é um coadjuvante importante em tratamentos estéticos, desde que aliado a hábitos de vida mais saudáveis

Os chamados géis redutores de medida são produtos com substâncias que prometem ajudar a acelerar o metabolismo celular, estimular a circulação sanguínea, melhorar a drenagem linfática, melhorar a flacidez da pele e diminuir processos inflamatórios locais. Eles são compostos por poucos ativos que têm sido utilizados em formulações básicas e antigas, o que muda em geral é a melhora da molécula, da sua absorção e, portanto, dos seus efeitos locais. Entre os ativos, um dos fundamentais são a cafeína em diversos níveis de sofisticação, alguns outros que podem ser citados são a rutina, calêndula, cânfora, mentol, chá verde, chá branco, centella asiática, derivados de algas marinhas, etc.

Leia também: Womax Gel Lipo

Infelizmente para quem tem gordura localizada e celulite, o gel redutor de medidas ajuda muito pouco. Esses produtos prometem curar esses problemas, mas na verdade, quando utilizados por pacientes jovens como medida preventiva, poderiam teoricamente manter o contorno corporal, desde que não haja aumento de peso ou tendência genética e que o paciente mantenha com rigor uma dieta saudável e exercícios corretos e regulares. Já os pacientes com a gordura localizada e celulite, os cremes podem ser aplicados como auxiliares, mas sua ação principal é a vasodilatação e a melhora da qualidade da pele, dificilmente o princípio ativo conseguirá penetrar na camada gordurosa e agir eficazmente.

Leia também: Phytophen funciona

Como o gel redutor de medida funciona
As fórmulas do gel redutor de medidas possuem normalmente um produto que “gela” a pele. Essa sensação é produzida pela cânfora, o mentol ou outras substâncias que refrescam a pele. O efeito, além do conforto psicológico, procura estimular a circulação sanguínea local na tentativa de melhorar a drenagem linfática e o sistema anti-inflamatório, muitas vezes considerado como uma das causas do desenvolvimento das traves embaixo da pele, o que leva à depressão característica da celulite, que dá o aspecto de “casca de laranja” à região acometida.

Leia também: Kifina funciona

Peso corporal esteja correto, prática de exercícios rigorosos e tratamentos dermatológicos são fundamentais para que se tenha algum resultado com o uso de gel redutor de medidas, culminando é claro, com a indicação de procedimentos como a lipoaspiração ou tratamentos invasivos com aparelhos e fibras óticas com laser específicos para a destruição das células de gordura.

Existem alguns tipos de gel redutor de medidas para o tratamento domiciliar e os de tratamento em cabine, que são os aplicados com massagens, com o uso de mantas térmicas, aparelhos diversos. Estes últimos são específicos para cada caso e aparelho. A escolha vai depender do plano de tratamento instituído e em geral se encontram em maior concentração, tendo efeitos mais intensos e que não devem ser utilizados rotineiramente em casa.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Em resumo, não há milagre quando se discute sobre produtos tópicos para reduzir medidas, como o gel redutor de medidas. Outras medidas são essenciais, como orientar os jovens quanto à dieta correta e a prática regular de exercícios. Quando já está instituído o problema, além das orientações já citadas, procurar um bom dermatologista para que ele possa orientar sobre qual tratamento ideal para cada caso, evitando disabores e despesas desnecessárias na tentativa desesperada de solução.

Gel Redutor – resenha do produto e dúvidas

Bem amiguinhos da Hinode, com certeza, esse é um dos produtos mais procurados e que mais faltam nas franquias, sabe por quê? porque VENDE MUITO, e se vende muito, é porque funciona, nesta matéria, nós fizemos um resumão de tudo que rola na internet, com vídeos e dados sobre o produto e como comprar, vamos lá!

Leia também: Phytophen funciona

Fórmula do Gel Redutor
Com ação do Mentol refrescante que evapora com o calor do corpo. A canfora que tem ação cicatrizante e calmante e o Propilenoglicol que é um composto orgânico com com ação hidratante. Estes três juntos, ao passar no corpo, evapora-se, o calor vai embora e ocorre a Crioterapia,

Leia também: Kifina funciona

Melhora a vasodilatação periférica e ativa a drenagem das toxinas, devido a combinação da cânfora e do mentol, auxilia na firmeza dos tecidos da pele graças a ação da crioterapia, melhorando a flacidez e a gordura localizada.

É de fácil espalhabilidade, ideal para trabalhos estéticos no combate a gordura localizada, remodelação corporal e principalmente quando se faz o trabalho da lipo redutora manual.

Plástico filme?
Muito se fala em usar o produto com o famoso plástico filme, no entanto nossa consultora de 20 anos de Hinode, Danielli Carvalho em seus vídeos. Ela indica usar o Esfoliante anterior para preparar a pele e então usar o Gel Redutor sem o plástico filme já que o processo de nosso creme é crioterápico, que causa queimaduras se for aquecido. portanto, não use com o plástico, que é apenas para gel tradicionais e não para o CORPS.

Leia também: Womax Gel Lipo funciona

Como usar?
De acordo com a região do corpo, o gel pede massagens específicas para que o efeito seja mais potente. A massagem ajuda na penetração do produto e aumenta a circulação, fazendo com que o metabolismo aumente. E isso ajuda na redução de medidas , afirma o dermatologista da Sociedade Brasileira de Medicina Estética. A seguir, a fisioterapeuta Leila Lucia Vianna ensina a melhor forma de espalhar o gel em cada parte do corpo:

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Barriga: movimentos circulares, em sentido horário
Pernas: movimentos amplos, circulares e ascendentes. Trabalhe as mãos como s estivesse fazendo um leve amassamento da pele.
Braços: movimentos circulares e ascendentes
Bumbum: movimentos circulares e de levantamento
Seios: movimentos circulares de pequena amplitude e com delicadeza, evitando espalhar no produto na aréola dos seios.
Costas: de baixo para cima, faça movimentos circulares como se estivesse esfregando as costas com uma esponja.

Recomenda-se, após a aplicação, fazer exercícios físicos ou caminhar.