Autor: super-admin

Cardápio Low-Carb: Como Montar Seu Cardápio + Cardápio

Uma dieta low-carb é uma dieta que restringe a quantidade de carboidratos, tais como aqueles encontrados em pães, massas e alimentos ricos em açúcar.

Ela deve ser rica em proteínas, boas gorduras e vegetais de baixo amido, como legumes e verduras saudáveis.

Existem muitos tipos diferentes de dietas low-carb.

Sendo que estudos mostram que elas podem resultar em perda de peso e melhora em diversos problemas de saúde – como diabetes, pressão alta, gordura no fígado e muito mais.

Porém talvez você já saiba de tudo isto.

E esteja interessado especialmente em seguir uma dieta low-carb para emagrecer com saúde.

Coloque seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog

seu melhor email aqui…
Por isso, o texto de hoje traz um plano gratuito de refeições detalhado para dietas baixas em carboidratos.

Nele vamos abordar rapidamente:

o que comer em uma dieta low-carb,
o que evitar, e
um exemplo de cardápio low-carb para uma semana.
Mas vamos ao plano de refeições exemplo.

Relacionado: Conheça nosso Cardápio Completo para 147 Dias de Dieta Low-Carb + Livro de Receitas Low-Carb

Plano De Refeições Para Dietas Low-carb

Determinar quais alimentos você deve comer depende de algumas coisas, como:

o quão saudável você está,
o quanto você se exercita, e
quanto peso você tem que perder.
Por isso, o exemplo de refeições low-carb para uma semana aqui não deve ser considerado algo definitivo – e muito menos prescritivo.

Trata-se apenas de um cardápio-exemplo grátis, com o objetivo de informar você sobre como fazer refeições low-carb pode ser delicioso e prático.

Princípios Básicos Da Dieta Low-Carb

Separamos abaixo um pequeno resumo sobre os grupos de alimentos permitidos e proibidos numa dieta low-carb.

A seguir, iremos detalhar um pouco mais sobre cada um desses grupos.

Alimentos que fazem parte da dieta low-carb:
Carne,
peixe,
ovos,
legumes,
algumas frutas,
oleaginosas (incluindo suas farinhas),
sementes,
laticínios,
gorduras,
óleos saudáveis como azeite de oliva,
e talvez até mesmo alguns tubérculos, leguminosas e grãos sem glúten – dependendo de quão low-carb você quiser ser.

Alimentos que não fazem parte da dieta low-carb:
açúcar,
xarope de milho rico em frutose (HFCS),
trigo e seus derivados,
farinhas e massas,
alimentos ricos em amido (como o arroz),
óleos vegetais como óleo de soja,
gorduras trans,
além da maioria dos alimentos “diet”, “light”, “zero”, e com baixo teor de gordura e alimentos altamente processados.

Se você quiser saber em mais detalhes quais alimentos são permitidos e proibidos na dieta low-carb, pode baixar grátis esta lista completa de alimentos permitidos na dieta low-carb.

Lista De Alimentos Low-Carb – Alimentos Proibidos

Numa dieta low-carb, os grupos de alimentos a seguir são proibidos:

Açúcar: Refrigerantes, sucos de fruta, agave, doces, sorvetes e muitos outros.
Grãos Ricos em Glúten: Trigo, trigo-vermelho, cevada e centeio. Incluindo pães, cervejas e massas.
Gorduras Trans: Óleos “Hidrogenados” ou “parcialmente hidrogenados”, e alimentos que contenham esses ingredientes como bolachas, batata frita congelada, margarina, etc.
Óleos Vegetais Ricos em Ômega-6: Óleos de algodão, soja, girassol, milho, cártamo e canola.
Adoçantes Artificiais: Aspartame, sacarina, ciclamatos e acesulfame-k. Prefira xilitol, eritritol ou estévia em vez destes. (Leia mais sobre adoçantes na low-carb aqui.)
Produtos “Diet” e com “Baixo Teor de Gordura”: Geralmente estes produtos têm muito açúcar adicionado (leite desnatado, iogurte zero gordura, barrinhas de cereais, bolachas “fit”, etc).
Alimentos Altamente Processados: Se parecer que foi feito em uma fábrica, não coma.
Você deve sempre ler as listas de ingredientes dos alimentos que estiver comprando, inclusive daqueles alimentos considerados “saudáveis”.

Uma boa alternativa é focar em “alimentos que não tenham rótulos”, como veremos a seguir.

Relacionado: Conheça nosso Cardápio Completo para 147 Dias de Dieta Low-Carb + Livro de Receitas Low-Carb

Lista De Alimentos Low-carb – Alimentos Permitidos

Você deve basear a sua dieta nestes alimentos de verdade, não-processados e low-carb.

Carne: Carne de vaca, cordeiro, porco, frango e outros.
Peixe: Salmão, truta, sardinha, atum, e muitos outros.
Ovos: Todos os tipos ovos estão liberados, inclusive as gemas.
Vegetais: Espinafre, brócolis, couve-flor, cenouras e muitos outros.
Frutas: abacate, coco, morango, limão, mirtilo.
Nozes e Sementes: Amêndoas, nozes, castanhas do pará, sementes de girassol, etc.
Laticínios com Alto Teor de Gordura: Queijos, manteiga, ghee, creme de leite.
Óleos e Gorduras: Óleo de coco, manteiga, banha, azeite de oliva.
Se você precisa perder peso, tenha cuidado com queijo e nozes porque eles são fáceis de comer em grandes quantidades.

E mesmo com relação a outros alimentos muito calóricos e que proporcionam baixa saciedade (infelizmente pode haver excesso de gordura mesmo na dieta low-carb ou cetogênica).

Quanto às frutas, escrevemos outro texto entrando em detalhes sobre a quantidade de carboidratos nas principais frutas.

Lista de Alimentos Low-carb – Alimentos Para Comer Com Moderação

Se você está saudável, ativo e não precisa perder peso, então você pode comer mais carboidratos saudáveis do que quem precisa emagrecer (ou seja, não tem que ficar contando e se preocupando tanto com os carboidratos líquidos).

Nesse caso, a abordagem fica mais próxima de uma dieta paleo, e você pode incluir alimentos como:

Tubérculos: Batata, batata doce, inhame, cará.
Frutas: maçã, pera, banana, uva, maracujá.
Leguminosas: Lentilhas, feijão preto, feijão carioca, etc. (Se o seu organismo os aceita bem.)
Você também pode aproveitar algumas iguarias com moderação se quiser:

Chocolate Escuro / Amargo: Opte por aqueles com 70% de cacau ou mais.
Vinho: Escolha vinhos secos, sem adição de açúcares ou carboidratos, como os vinhos low-carb que descrevemos aqui.
O chocolate escuro (70% ou mais de cacau) é uma boa fonte de antioxidantes e pode trazer benefícios para saúde – se você comer com moderação.

No entanto, esteja ciente de que tanto o chocolate escuro quanto o álcool vão atrapalhar seu progresso se você ingerir demais desses alimentos.

Lista de Alimentos Low-carb – Bebidas Liberadas

As bebidas low-carb podem ser um forte aliado durante uma alimentação low-carb, principalmente durante períodos de jejum.

Isso porque elas ajudam você a se manter hidratado, ajudam a repor alguns micronutrientes e ainda substituem com maestria possíveis bebidas cheias de açúcares que você poderia ingerir.

Algumas bebidas low-carb 100% liberadas são:

Café (descubra todos os benefícios do café aqui)
Chá
Água
Bebidas carbonatadas sem adição de açúcar (como água com gás)
Água saborizada
Inclusive falamos mais sobre água saborizada e como preparar sua própria água com sabor em um outro texto.

Cardápio Low-Carb – Exemplo de Cardápio Para Uma Semana De Dieta

Este é um exemplo de cardápio de uma semana para quem está seguindo um plano de dieta low-carb.

Ele fornece menos de 50 gramas de carboidratos totais por dia.

Mas, como mencionei acima, se você estiver saudável e se exercitando, você provavelmente pode ultrapassar essa quantia sem problemas.

Segunda-feira
Café da manhã: Omelete com legumes variados.
Almoço: Bifes de contra-filé com salada de alface e tomate.
Jantar: Sobrecoxa assada com pele e sopa nutritiva de couve.
Terça-feira
Café da manhã: Bacon e ovos.
Almoço: Carne moída com abobrinha e salada mista (folhas, tomate, pepino).
Jantar: Lasanha de berinjela low-carb ou o que sobrou das outras refeições.
Quarta-feira
Café da manhã: Queijadinha low-carb.
Almoço: Bisteca de porco frita na manteiga com mix de vegetais refogados (berinjela, abobrinha, abóbora, jiló, couve, etc).
Jantar: Coxa de frango com pele e espinafre com molho branco.
Quinta-feira
Café da manhã: Panini low-carb com presunto e queijo.
Almoço: Bife à cavalo com salada de tomate e cebola.
Jantar: Omelete de forno cetogênico com brócolis no vapor.
Sexta-feira
Café da manhã: Bacon e ovos.
Almoço: Frango xadrez low-carb com couve refogada.
Jantar: Costeletas de porco com legumes.
Sábado
Café da manhã: Bolinho de caneca de coco low-carb.
Almoço: Mix de legumes no vapor com pernil na manteiga.
Jantar: Pizza low-carb com recheio a sua escolha.
Domingo
Café da manhã: Pão low-carb com ovos e queijo (clique aqui para mais ideias para café da manhã baixo em carboidratos).
Almoço: Churrasco (com direito a todas as carnes, mas fique longe do pão de alho).
Jantar: Macarrão de abobrinha com molho bolognesa.
Observações sobre o cardápio-exemplo de 7 dias para a dieta low-carb

Lembre-se de incluir bastantes legumes de baixo teor de carboidrato na sua dieta.

Afinal de contas, se o seu objetivo é permanecer em menos de 50 gramas de carboidratos por dia, então há espaço para bastantes vegetais na sua dieta – mesmo se ela for uma dieta very low-carb como uma dieta cetogênica.

Lembre-se que vegetais, principalmente os ricos em fibras e com pouco amido, são a base de uma dieta low-carb, inclusive se seu objetivo for induzir a cetose.

Se você quiser ver um cardápio exemplo para mais 91 dias de dieta low-carb, clique aqui.

Novamente, se você está saudável, em forma e ativo, você provavelmente pode adicionar alguns tubérculos como batata e batata doce, além de algumas frutas, e ainda assim emagrecer com saúde.

(Ou pode até mesmo querer fazer uma refeição livre, dia livre ou dia do lixo no final de semana.)

E lembrando também que este é apenas um cardápio-exemplo.

O objetivo não é dizer para você exatamente o que comer a cada refeição, mas sim dar ideias de pratos low-carb saborosos e combinações entre eles.

Com base nisso, você sempre pode incluir ou retirar alimentos dependendo da sua disponibilidade, das suas restrições alimentares, e dos seus gostos pessoais.

Por exemplo, se você for vegetariano e quiser seguir a dieta low-carb, então pode substituir as opções de carnes por ovos, queijo ou outra fonte de proteína.

Pode até mesmo pular refeições, se você quiser seguir algum protocolo de jejum intermitente e assim colher os benefícios tanto da low-carb quanto do ji.

Se você ainda não pratica jejum, então pode se interessar por saber mais sobre como começar e quais benefícios do jejum intermitente.

Dieta Low-Carb – Quantas Refeições Comer No Dia E Ideias De Lanches Saudáveis

Primeiramente, sempre é bom lembrar que não há nenhuma razão de saúde para que você coma mais de 3 refeições por dia.

Afinal de contas, o mito de comer de 3 em 3 horas já foi derrubado pela ciência repetidas vezes.

Portanto, você pode se sentir à vontade para comer uma vez ao dia, ou duas, ou a cada 4 horas, ou a cada 3 horas…

O mais importante é comer quando se tem fome e não em intervalos regulares.

E sempre até a saciedade.

Dessa forma vai ser mais improvável que você tenha fome fora de hora ou que tenha que recorrer a lanchinhos ao longo do dia.

No entanto, se você ficar com fome entre as refeições, pode se sentir à vontade para comer lanches low-carb.

Aqui estão algumas dicas de lanches low-carb saudáveis, fáceis de preparar e que podem te deixar saciado:

Alguma fruta low-carb
Ovos cozidos
Cenouras baby
Uma fatia de pão PLOC
Mix de oleaginosas (nozes, castanhas, macadâmias, amêndoas…)
Mix de queijos e embutidos
Um bolinho rápido de microondas
Um panini low-carb
E muito mais.

(Interessante notar que os alimentos acima também são boas opções de pré e pós treino na dieta low-carb.)

Outras ideias de lanches estão disponíveis na nossa página de receitas low-carb, e você também pode baixar livros de receitas em pdf aqui.

Comendo Fora Sem Deixar De Ser Low-Carb

Você pode seguir sua dieta mesmo quando for comer na rua.

Pois, na maioria dos restaurantes, é bastante fácil fazer suas refeições ficarem compatíveis com uma dieta low-carb.

Se você for montar um prato, pode seguir o seguinte modelo de 3 passos:

Começar colocando em seu prato uma(s) boa(s) fonte(s) de proteína (carne, frango, porco ou peixe),
Colocar vegetais refogados ou cozidos ao redor,
Completar com salada de vegetais crus e azeite de oliva.
Adicionalmente, já demos a seguinte dica em nosso texto sobre como ter sucesso na dieta low-carb, para ocasiões onde você for comer em restaurantes à la carte:

Aprendi esta dica com o Tim Ferriss, criador da Dieta Slow Carb – que exige que você siga suas regras estritamente durante 6 dias por semana.

Acontece que Tim Ferriss adora comer fora, e ele percebeu que muitos restaurantes oferecem deliciosos pratos que seriam low-carb.

Porém, esses pratos geralmente vêm com acompanhamentos como arroz e fritas – que, como você deve saber, não são nada indicados para quem quer seguir essa dieta.

Então, duas frases que você pode utilizar ao fazer o pedido daquele belo contrafilé são:

Eu gostaria do contrafilé, só que com legumes em vez do arroz.

Muitas vezes, apenas isso funciona. Entretanto, outras vezes você tem de complementar com a frase #2:

Tudo bem se eu tiver de pagar um pouco a mais por isso.

Se mesmo assim não funcionar, peça a salada ou os legumes como acompanhamento, e simplesmente não coma o arroz.

No final das contas, essa substituição não vai ser cara (sendo que é muitas vezes grátis).

Aliás, se você já está se dando ao trabalho de comer num restaurante à la carte, você pode pagar o adicional que ocasionalmente vai ser cobrado…

Reflita: quanto vale para você ficar em forma e ser saudável?

Considere esse pequeno custo adicional o seu “imposto de magro e saudável”, e pague com prazer.

Relacionado: conheça aqui uma maneira fácil de investir em sua saúde.

Uma Lista De Compras Para A Dieta Low-carb

Como você talvez já nos tenha visto falar em alguns vídeos, nós gostamos muito da frase “a dieta começa no mercado”.

Isto é, se você deseja ter sucesso com seu novo plano alimentar, deve comprar alimentos condizentes com ele.

E também evitar ter “tentações” em casa.

Portanto, uma boa dica é fazer suas compras na feira e no açougue (confira aqui a lista do que comprar nesses lugares).

Nesses locais, você dificilmente irá cair em tentações ou comprar alimentos que não sejam comida de verdade por engano.

Leia também: O que é E-book 101 Receitas Low Carb

Claro, alimentos orgânicos e carnes de animais criados no pasto são melhores – mas você não precisa perder noites de sono ou deixar de fazer a dieta se não conseguir comprá-los.

Como gostamos de dizer, “o ótimo não pode ser inimigo do bom”.

Isso quer dizer que focar sua alimentação em bichos e plantas, sejam eles orgânicos ou não, já será muito melhor que comer “porcarias” industrializadas e cheias de carboidratos refinados.

Porque, mesmo se você não comprar alimentos orgânicos, a sua dieta ainda vai ser mil vezes melhor do que a dieta padrão ocidental e que a maioria das pessoas segue.

Tente escolher a opção menos processada e ​​que ainda cabe no seu bolso.

Carne (carne de vaca, cordeiro, carne de porco, frango)
Peixe
Ovos
Manteiga
Óleo de coco
Banha
Azeite
Queijo
Creme de leite
Frutas low-carb (morangos, abacate, coco, limão)
Oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas, etc.)
Azeitonas
Vegetais frescos: folhas verdes, pimentões, cebolas, alho, brócolis, berinjela, abobrinha, abóbora, etc.
Legumes: brócolis, cenouras, várias misturas.
Condimentos: sal, pimenta, alho, etc.
Lembrando que pode ser interessante ter alguns alimentos “de emergência” em casa, para você nunca ficar sem opções.

Leia também: Kifina Anvisa

Elas servem tanto para um dia preguiçoso em que você não quer sair de casa quanto para caso algum dia você chegue tarde da noite e não disponha de mercados abertos.

Nesse caso, algumas opções comuns para se ter são legumes congelados, peixes em lata (atum e sardinha são meus favoritos), e mesmo alguns ovos.

Na mesma linha, pode ser recomendável retirar da sua despensa todas as tentações não-saudáveis: batatas fritas, doces, sorvetes, refrigerantes, sucos, pães, cereais, farinha de trigo e açúcar.

Pois isso diminui bastante as suas chances de erro (veja aqui quais são os 6 erros mais comuns da dieta low-carb).

Leia também: Phytophen Anvisa

Relacionado: Conheça nosso Cardápio Completo para 147 Dias de Dieta Low-Carb + Livro de Receitas Low-Carb

Conclusão E Palavras Finais

Seguir uma dieta low-carb pode parecer difícil no começo.

E entender exatamente quais alimentos você vai comer é uma parte importante desse processo de adaptação.

No entanto, como qualquer mudança alimentar, assim que você passa pelos primeiros dias, as coisas tendem a ficar mais fáceis e mesmo agradáveis.

Afinal de contas, quem não gosta de comer alimentos gostosos e emagrecer sem passar fome?

Leia também: Farinha seca barriga Anvisa

Eu sei que eu gosto.

E você, como está se saindo com a dieta low-carb?

Conte para a gente nos comentários para permanecermos unidos em nosso objetivo de viver melhor e com mais saúde.

Jejum intermitente: tire suas dúvidas sobre o assunto

Quem pode fazer? Quais os benefícios? Pode tomar líquido durante o jejum? Entenda

Apesar de praticado desde tempos remotos, o jejum ainda é um hábito controverso. E um método aplicado desde 2012 movimentou novamente as discussões: o jejum intermitente, quando a pessoa fica longos períodos sem comer, exigindo que o corpo queime seu estoque de energia (gordura) durante esse tempo. As dúvidas ainda são muitas e a nutricionista Flaviane Calônego, especialista em metabolismo humano, esclareceu pontos importantes. Veja:

Tudo sobre jejum intermitente
Qual o perfil de uma pessoa que pode fazer o jejum intermitente?

Leia também: Farinha seca barriga reclame aqui

“É indicado para todas as pessoas que busquem melhoria na saúde geral. Porém, o jejum intermitente não é indicado para indivíduos com histórico de distúrbios alimentares, grávidas, lactantes, crianças, pessoas com diabetes ou insulinodependentes, com distúrbios gástricos, idosos acima de 70 anos ou em circunstâncias de alto estresse, pessoas que realizam excesso de treino ou com necessidade de alta performance e pessoas que buscam o crescimento da massa muscular e ganho de peso.”

Leia também: Jejum Intermitente funciona

Muitas pessoas se exercitam durante o período de jejum para queimar mais calorias. Isso é recomendado ou perigoso?

“É recomendado. Somente em jejuns mais severos (acima de 16 horas) não é indicada a prática. O benefício é a melhoria da composição corporal: o jejum não só reduz o percentual de gordura mas favorece o ganho de massa magra, pois essa prática faz produção de gH (hormônio do crescimento), beneficiando a hipertrofia muscular.”

Leia também: Kifina reclame aqui

Durante o período de jejum, posso ingerir líquidos? Quais, em que quantidade e em que momento desse intervalo de horas?

“É permitido tomar água, café, chás e outras bebidas não calóricas.”

Para o jejum intermitente funcionar, qual deve ser a composição das refeições no período em que pode comer?

Leia também: Phytophen reclame aqui

“O ideal é que nos períodos de ingestão haja uma dieta variada e equilibrada, com alimentos saudáveis contendo todos os nutrientes essenciais. Nada de consumir besteiras ou calorias vazias.”

Durante o jejum intermitente, água, café, chá e sucos pouco calóricos estão liberados. Foto: Pixabay

Qual intervalo de tempo sem comer é mais recomendado? 12, 16 ou 24 horas? Ou também depende do perfil?

“O melhor intervalo de ingestão e restrição calórica irá depender do perfil genético, hábitos alimentares atuais, rotina e resultados de diversos exames do paciente.”

O jejum intermitente é para ser feito por um período determinado de dias ou pode ser um hábito diário?

“Eu mesma realizo há dois anos, porém nos intervalos corretos para o meu perfil e organismo. Ele pode tornar-se um hábito diário se essa for a orientação do profissional de nutrição capacitado. Nenhum protocolo, porém, recomenda essa continuidade.”

Para quem tem o perfil e segue corretamente as recomendações, quais os benefícios do jejum intermitente?

“Ele previne doenças como a obesidade e o câncer, aumenta o tempo de vida, aumenta o nível de massa magra e melhora a composição corporal. Causa, ainda, maior oxidação de gordura (queima), diminuição de colesterol LDL, redução dos níveis de insulina, modulação da inflamação, redução do estresse oxidativo, melhoria da motilidade intestinal, redução da frequência cardíaca e pressão arterial, redução da leptina, redução de apetite e desejos por doces.”

Remédios caseiros para emagrecer

Quase todo ano, nesta época, vem o mesmo dilema: o verão está batendo à porta e você com aqueles quilinhos a mais; como enfrentar a praia ou a piscina com as amigas? Nesta hora de desespero, uma boa alternativa é recorrer a remédios caseiros para emagrecer.

Em verdade, não deveria ser assim, pois esse efeito sanfona – engorda, emagrece, engorda – é altamente prejudicial à sua saúde. O correto seria você levar a sério a tarefa de emagrecer e permanecer assim, sem o acúmulo de indesejáveis gorduras no abdômen e outras partes do corpo.

Assuntos [Mostrar]

Cuidado com as receitas milagreiras de remédios caseiros para emagrecer
Ter gorduras em excesso não é apenas uma questão de estética ou autoestima – é uma questão de saúde.

Leia também: Kifina é bom

Você mesma deve estar cansada de ouvir ou ler que essas gordurinhas provocam danos à sua saúde, alguns que podem até se tornar irreparáveis. Por isso, a surrada desculpa de que engordou após a gravidez não cola mais, pois existem muitas soluções ao seu dispor.

Leia também: Remédio caseiro para emagrecer Anvisa

Remédios caseiros para emagrecer existem às dezenas, basta você entrar na internet e fazer a busca. Mas, aí também pode residir o perigo.

Você pode se deparar com medicamentos alopáticos que prometem milagres e não são assim tão milagreiros. Alguns nem sequer foram devidamente testados e aprovados pela Anvisa – entidade do governo que faz o controle dos medicamentos.

Leia também: Phytophen é bom

No rumo da natureza, sem nenhum medo
É por isso que os remédios caseiros para emagrecer são mais indicados. São produtos naturais, que não agridem o organismo.

Mesmo assim, é sempre muito bom tomar alguns cuidados com as contraindicações. Não é tudo que as mulheres grávidas, por exemplo – só para citar o caso mais evidente –, podem consumir.

Leia também: Farinha seca barriga é bom

Seguindo o rumo do que a natureza nos oferece, entretanto, é possível encontrar muita coisa de bom. Além disso, os chás são sempre a alternativa mais econômica e, em muitos casos, também são a mais rápida para alcançar o sucesso.

Apenas tomar o chá não vai resolver
Antes de entrar diretamente nas receitas, vamos à importante dica: de nada adiantará você recorrer a potentes chás e continuar comendo tudo o que vem pela sua frente.

Duas são as providências necessárias para alcançar o sucesso: mudar a dieta, substituindo carboidratos, pães e doces por produtos orgânicos, integrais e mais saudáveis.

E readquirir, se já fez isso antes, ou adquirir o hábito saudável dos exercícios e caminhadas.

Juntando essas três providências – chás naturais, dieta adequada e exercícios físicos – você chegará ao verão na melhor forma dos tempos de juventude e a autoestima nas alturas.

Bicarbonato de sódio, múltiplas aplicações
Bem, como dissemos lá atrás, existem muitas dietas disponíveis na internet. Aqui, entretanto, vamos recomendar que você siga por apenas um caminho, com muitas vantagens para seu organismo e, claro, para seu esforço de emagrecimento – a dieta à base de bicarbonato de sódio, que é ingrediente importante em muitos remédios caseiros para emagrecer.

Não conhecia? Muita gente usa este potente ingrediente natural para tarefas tão díspares como clarear os dentes, ajudar na limpeza diária da cozinha ou banheiro ou até para o alívio aos mal estar do estômago. E o bicarbonato de sódio é bom mesmo em todas essas alternativas.

Um remédio natural bastante ativo
Mas, também é bom e saudável num regime de emagrecimento – e o que é mais importante, emagrecer com saúde. Pois, também nestas ocasiões, é preciso ter muita responsabilidade quando se trato do próprio corpo. O bicarbonato é natural e ainda ajuda a eliminar toxinas do organismo.

Ao provocar a alcalinização do sangue, ele age contra o aparecimento das doloridas pedras nos rins, é potente no controle do ácido úrico – a terrível gota –, ajuda a neutralizar ácidos que se acumulam no estômago e ainda é preventivo para determinados tipos de câncer.

Boas alternativas com o bicarbonato
Vamos então ver algumas receitas que você pode aproveitar bem como remédios caseiros pra emagrecer:

Bicarbonato de sódio com suco de limão;
Bicarbonato de sódio junto ao vinagre de maçã;
Bicarbonato de sódio com hortelã.
Bicarbonato de sódio com suco de limão
Utilize meia colher de chá com bicarbonato de sódio e o suco de um limão inteiro. É bom você utilizar água filtrada ou, se for de caixa, que seja água de sua confiança (caixa bem limpa, por exemplo). Se for da sua preferência, um pouco de canela em pó também vai ajudar.

Misturar bem os ingredientes e beber durante pelo menos um mês, todos os dias pela manhã, em jejum. Depois, espere 20 minutos para ingerir qualquer outro alimento. Depois deste período inicial, passe uns dez dias sem ingerir a bebida e, se quiser, repita o tratamento por mais um mês.

Bicarbonato de sódio junto ao vinagre de maçã
Novamente você vai precisar de meia colher de chá de bicarbonato misturado a duas colheres de sopa com vinagre de maçã. E não se esqueça de escolher água boa, de preferência filtrada.

Leia também: emagrecer em casa

Também é possível acrescentar um pouco de canela em pó. Todos estes ingredientes ajudam como remédios caseiros para emagrecer.

Após misturar bem todos os ingredientes, beba pela manhã, todos os dias, durante um mês. Depois disso, pare uns dez dias e, querendo, reinicie o tratamento por mais 30 dias.

Não se esqueça de, todo dia, só ingerir alimentos 20 minutos após tomar a bebida.

Bicarbonato de sódio com hortelã
Também deve ser utilizada uma colher de chá de bicarbonato, o suco de dois limões misturado a umas dez folhas de hortelã, de preferência fresquinhas e recém colhidas. Acrescente uma maçã ou pera raladas, conforme o seu gosto e, novamente, se quiser um pouco de canela.

Bata bem esses ingredientes em um liquidificador, com água suficiente para dois copos, e beba em jejum durante o período de um mês. Espere uns 20 minutos para consumir outros alimentos. Depois do primeiro mês, esperar uns dez dias e, se quiser, repetir o tratamento por mais um mês.

Faz bem e ajuda o organismo
Durante o período em que estiver fazendo esse tratamento, procure não abusar do consumo de sal de cozinha nem comer comida muita salgada. Isso de forma especial se você tiver problemas com pressão alta.

Se consumido com precaução e sem exageros, o bicarbonato de sódio é um excelente auxiliar para a sua saúde. Ele ajuda a fazer a regulação natural do pH do seu sangue e também de gases no estômago.

Portanto, pode ingerir sem receio, pois esse é um dos mais antigos remédios caseiros para emagrecer e para diversos outros incômodos do nosso organismo. Aproveite!

Chá seca barriga caseiro natural para tomar e lhe ajudar a emagrecer

Uma barriga saliente é uma das maiores causas de vergonha e frustração para as pessoas na atualidade. E quem não quer encontrar formas de se livrar dela o mais depressa possível, não é mesmo? Para ontem, de preferência. Mas embora seja algo desejável, a verdade é que não se trata de uma tarefa tão fácil assim. Há sim a possibilidade de perder barriga em uma semana (não toda, é claro, especialmente dependendo do tamanho dela), mas isso exige bastante esforço e disciplina para utilizar os meios certos e da maneira certa. Como fazê-lo?
Bem, iremos descrever mais à frente um forte aliado nesta busca pela barriga menos saliente.

A proposta que temos para lhe apresentar são os chás para perder barriga. Aqui você vai descobrir um pouco mais sobre eles, quais benefícios eles trazem para o seu organismo e como agem para fazer você emagrecer. Quer aprender? Então tome nota!

Os chás emagrecedores:
Muitas pessoas têm feito uso dos chás para emagrecer e estão alcançando excelentes resultados com eles. O que de fato é verídico, porque na verdade as pessoas que sabem utilizá-los corretamente sempre alcançam resultados plausíveis e consistentes.

As substâncias de cada um deles, que teremos a oportunidade de conhecer um pouco mais ainda nesse artigo, fazem com que seja possível chegar a esses resultados.

Mas já gostaríamos de deixar claro que os chás não são milagrosos. Para que surtam efeito, eles precisam ser utilizados da maneira correta, sempre em conjunto com uma boa dieta

e com a prática de atividades físicas constantes.
Dito isso, já podemos lhe apresentar alguns desses chás e explicar as funções de cada um. Veja…

Conhecendo alguns chás que emagrecem:
Chá verde
O chá verde é um potente emagrecedor porque possui cafeína e catequinas, substâncias que aceleram o metabolismo e que por esse motivo fazem o corpo gastar mais energia, trazem regularidade ao processo de digestão, facilitam o funcionamento do intestino e combatem a retenção de líquidos no organismo.

Ele pode ser encontrado em sache, cápsulas ou pó solúvel. Basta preparar e tomar!

Dica: prepare-o de preferência sem é açúcar, e se precisar adoçá-lo, faça-o com um pouco de adoçante.

Chá de maracujá:

Quando falamos sobre o chá de maracujá é impossível não associar a um excelente calmante natural, devido às suas propriedades sedativas. Mas além disso, a folha do maracujá tem propriedades diuréticas, pelo que contribui para a eliminação dos líquidos, ação que tem como conseqüência o poder de desinchar e de diminuir o peso.

Mas não é só isso. A casca possui a pectina, que é uma substância que dificulta ao organismo a absorção do açúcar e ainda ajuda a manter a sensação de saciedade por muito mais tempo. Ideal para os lanches, não é mesmo?

Chá de hibisco:

O nome pode até ser um pouco estranho, mas a eficácia é bem alta. Se você quer tomar um chá emagrecedor bem popular e que promove resultados rápidos, procure então experimentar o chá de hibisco. Para fazê-lo, você só precisa da flor do hibiscus sabdariffa, que é a apropriada.

Não utilize a flor ornamental hibisco rosa-sinensis, que é bastante utilizada nos jardins. Essa tem função apenas ornamental.

O hibisco é excelente para o emagrecimento porque possui ação diurética e digestiva, também possuindo propriedades de um laxante suave. Isto é, à medida em que faz uma limpeza intestinal, leva à perda de peso, que acontece porque o organismo expurga aquilo que é ruim, aproveitando melhor as vitaminas e nutrientes dos alimentos.

Chá de camomila:
Este é um velho conhecido. A camomila é uma planta terapêutica que possui, entre outras coisas, propriedades calmantes e ansiolíticas, o que colabora para a redução (ou mesmo extinção) da compulsão. É isso o que faz com que ela colabore com o emagrecimento, já que com a compulsão controlada, a pessoa come menos e se sente melhor consigo mesma.

Chá de alecrim:
O chá de alecrim é ótimo para melhorar a digestão e por isso contribui para o emagrecimento. E o processo é extremamente simples. Ao ser ingerido, ele faz uma limpeza no intestino e lança para fora as impurezas do intestino. Tudo isso numa velocidade enorme, dando mais perfeição ao processo digestório, o que leva à redução do peso e da barriga.

Chá vermelho:

Confira também o chá de folha de amora, veja seus benefícios, como fazer, preparar, tomar e para que serve.

O chá vermelho é extraído da planta camellia sinensis e é bastante apreciado por quem já o consumiu. Isso se deve ao fato de que ele acelera o metabolismo, o que faz com que seja excelente para ajudar na queima de gorduras. E com ele, mesmo que esteja em repouso, a pessoa pode conseguir reduzir peso, devido a este aceleramento do metabolismo.

Chá de hortelã:
Esse chá é excelente para ‘queimar’ gordura. Isso acontece porque ele tem ótimas propriedades digestivas e leva o organismo a trabalhar com mais eficiência. Utilizando-o da maneira certa, pode ajudá-lo a reduzir a barriga.

Leia também: Phytophen reclame aqui

Já notou como alguns pratos com carne de porco, geralmente levam hortelã? É justamente para auxiliar na digestão da carne, que por vezes é gorda. O consumo da hortelã, faz com que você não fique com a sensação de peso, pois ajuda na sua digestão.

Leia também: o que é Kombucha

Chá de carqueja:
O chá de carqueja é um poderoso emagrecedor porque tem ação direta sobre as disfunções estomacais e intestinais, tendo ainda propriedades antiinflamatórias, diuréticas e digestivas. Quando ingerido, ele age sobre o organismo e lhe proporciona o emagrecimento saudável através da limpeza estomacal e da liberação do fluxo intestinal.

Chá de erva doce:
O chá de erva doce, tão apreciado por tantas pessoas devido ao seu excelente sabor, também é ótimo para ajudar a emagrecer porque possui ação direta sobre o processo de digestão dos alimentos. Ele age proporcionando uma melhor performance ao intestino, de forma que lhe seja possível não manter dentro de si aquilo que de alguma maneira seja ruim para ele. Isso ajuda a evitar a retenção de líquidos e o inchaço.

Leia também: Kifina Anvisa

Como utilizar os chás emagrecedores:
Não há muitos segredos quanto à utilização dos chás emagrecedores. Você só precisa inseri-los na sua alimentação no decorrer do seu dia. Isso significa que pode tomá-los basicamente a qualquer hora, desde que não haja exageros (e nem o abuso da adição de açúcar).

Por vezes, também não é muito interessante tomar certos chás com alto teor de cafeína (como o chá verde) pela noite, pois pode lhe atrapalhar a pegar no sono.

Os resultados dos chás usados como ferramentas para o emagrecimentos costumam ser bons quando você os ingere antes ou após as principais refeições, já que eles possuem ação inibidora do apetite e também auxiliam na digestão.

Porém, gostaríamos de relembrar que você jamais pode esperar feitos mirabolantes quando ingerir qualquer ‘ chá seca barriga ‘. Para poder utilizá-los da melhor forma possível e colher todos os bons resultados, com certeza você também precisará se alimentar adequadamente e praticar atividades físicas com regularidade.

Os chás podem certamente lhe auxiliar e muito nesta tarefa que parece ser tão difícil que é perder a barriga. Tente incrementá-los na sua dieta e comece a ver os resultados em seu corpo em poucos dias.

Emagrecimento saudável: mitos e verdades

Preocupação de parcela considerável da população, a perda de peso é um assunto que gera inúmeras dúvidas. Dietas apenas à base de proteínas e líquidos funcionam? Quanto mais água beber, melhor? Ingerir carboidratos à noite realmente engorda? Estes são alguns dos questionamentos levantados por quem busca um emagrecimento saudável.

Fato é que perder uns quilinhos não é uma tarefa fácil, exigindo muita dedicação, comprometimento e força de vontade. Então, a dica essencial é: suspeite de métodos que aparentem ser milagrosos e que apresentam soluções rápidas e instantâneas, afinal o próprio ditado popular já diz: “quando a esmola é muita, o santo desconfia”.

Para lhe ajudar na missão de conquistar um corpo esbelto, esclareceremos questões pertinentes ao tema, apresentando nos post de hoje mitos e verdades sobre o emagrecimento saudável.

Conquistando um emagrecimento saudável
Realizar refeições de três em três horas ajuda a perder peso

Verdade. Por meio de uma reeducação alimentar baseada em uma dieta equilibrada e em horários adequados, realizar refeições a cada 3 horas é fundamental para obter sucesso no processo de emagrecimento saudável, visto que este hábito ajuda a acelerar o metabolismo, auxiliando na queima de gordura.

Alimentos funcionais são uma ótima opção nesta situação.

Lembre-se ainda de que não deve-se abusar de alimentos muito calóricos. Com a ajuda de um profissional da saúde, crie uma dieta exclusiva que encaixe com suas metas e, claro, com sua rotina.

Posso comer, sem restrição, todas as frutas
Mito. Infelizmente, nos deparamos com um mito clássico no universo de quem busca o emagrecimento saudável. Mesmo sendo alimentos extremamente recomendáveis, as frutas possuem alto nível de frutose.

E adivinha? A frutose é um tipo de açúcar que, obviamente, configura-se como um carboidrato e, por isso, as frutas — assim como qualquer outro alimento — não devem ser consumidas em exagero. O número máximo de frutas por dia deve ser em torno de 5.

Shakes auxiliam o processo de emagrecimento
Verdade. Essa é fácil, não é? Os queridinhos do universo fitness, se utilizados corretamente, poderão, sim, ajudar na perda de peso. Segundo especialistas da área, os shakes podem ser consumidos no lugar de lanches que, às vezes, têm um alto teor calórico.

Para acertar na dose, encare os shakes como complementos alimentares, que precisam ser ingeridos modernamente. A principal dica aqui é: evite substituir completamente as refeições do dia por este alimento.

Consumir carboidratos à noite prejudica a dieta
Mito. Você estava crente que esta frase se enquadraria nas verdades, pois desde muito novos nós aprendemos erroneamente este mito. Pelo fato de os carboidratos serem os responsáveis pelo fornecimento de energia, eles devem estar presentes nas principais refeições, entretanto, sem abusos.

Leia também: Phytophen é bom

Afinal de contas, de nada adianta apenas excluir este nutriente durante a noite, se durante o dia você faz uma dieta altamente calórica. A palavra de ordem aqui é: equilíbrio.

Água é uma forte aliada na perda de peso
Verdade! No entanto, hidratar-se não é o suficiente para emagrecer. Tomar litros de água sem controlar a alimentação diária, por exemplo, não surtirá efeito nenhum.

Leia também: melhores Dietas de emergência

Por outro lado, atrelar uma dieta de baixa caloria ao consumo ideal de água ajuda, sim, no processo de perda de peso, que acontece devido à sensação de saciedade proporcionada pelo líquido. Além disso, a água tem capacidade de ajudar o nosso corpo a eliminar as toxinas que causam a desagradável sensação de inchaço por causa da retenção de líquidos.

Leia também: Kifina é bom

Entretanto, não basta cuidar apenas da alimentação. Para conquistar um corpo sarado por meio do emagrecimento saudável aposte também na realização de atividades físicas periodicamente.

Ereção macia: a expressão comum da disfunção erétil

Falha ocasional, disfunção erétil … é comum ter ereções moles e como corrigi-lo?

Banda suave, o que é isso?

O termo familiar “banda suave” é geralmente usado para descrever uma incapacidade de manter uma ereção forte o suficiente para permitir uma relação sexual satisfatória. Às vezes, designa uma incapacidade muito episódica, às vezes um desconforto recorrente. É comum os homens experimentarem disfunção erétil transitória.

Se a incapacidade de manter uma ereção satisfatória durar além de 3 meses, então é chamada de disfunção erétil , e tratamentos com medicamentos existem para resolvê-la. Eles podem ser prescritos por um médico no consultório ou on – line por um médico Zava .

Em qualquer caso, quando o distúrbio persiste, é importante investigar as causas, porque a disfunção erétil pode ser consequência de uma doença como a diabetes.

É comum ter ereções fracas?

É extremamente comum que os homens sintam fraqueza erétil ocasionalmente porque muitos fatores podem influenciar a ereção: estresse, desconforto, um novo parceiro sexual, falta de autoconfiança, consumo de álcool ou simplesmente fadiga são todos fatores que podem levar a uma ereção insatisfatória.

Se o problema persistir além de três meses, novamente, você não é um caso isolado. As possíveis causas da disfunção erétil são múltiplas. Na França, cerca de 30% da população masculina sofre de disfunção erétil.

Eu banda macia, o que fazer?

A primeira coisa a fazer é certamente conversar com seu parceiro, se possível, ou pelo menos não dramatizar a situação. Quando a ereção masculina é perturbada, pode ter sérias conseqüências no bem-estar do homem e em sua autoconfiança, a prova, fala-se às vezes negativamente da impotência !

Tente se perguntar se é possível identificar fatores específicos, como estresse incomum, circunstâncias especiais, consumo de álcool … E, em caso afirmativo, verifique se o problema ocorre fora dessas circunstâncias.

Se os sintomas persistirem, fale com o seu médico . Ele trabalhará com você para identificar as possíveis causas de sua disfunção erétil, que pode ser psicológica, anatômica ou até mesmo relacionada a uma doença.

Ou comece a usar o estimulante sexual masculino chamado Tauron.

Minha parceira banda mole durante a penetração: isso corresponde a um declínio no desejo?

Ter uma ereção suave não está necessariamente relacionado a uma ausência de desejo, muito pelo contrário. Isso é essencial para entender, especialmente para o parceiro que às vezes pode se sentir responsável.

É perfeitamente possível dobrar-se suave das preliminares, ou dobrar-se e então ter uma queda na rigidez no momento da penetração, sem que qualquer queda no desejo não interfira.

Soluções para não mais suave acenando

Diante da disfunção erétil , existem várias soluções.

Dependendo da causa de seus problemas, o médico irá guiá-lo para a terapia mais adequada. Pode ser uma simples mudança de contexto, um acompanhamento psicológico. Se houver necessidade de tratamento, é a medicação oral recomendada na linha de frente para tratar um problema de disfunção erétil.

Existem outras soluções a serem consideradas, como a bomba peniana ou o tratamento medicamentoso que pode ser feito sob a forma de injeção no pênis . Existem também implantes penianos . Finalmente, a cirurgia vascular em alguns casos pode ser uma solução de último recurso.

Os tratamentos com medicamentos orais são conhecidos como Viagra ®, Cialis ®, Levitra® ou Spedra ®.

Viagra e Cialis também são comercializados em sua forma genérica, respectivamente chamados de Sildenafil e Tadalafil .

7 cremes para acabar com a celulite por até R$ 50

Não precisa gastar muito para exterminar os temidos furinhos na pele

Leia também: Creme firmador

O Minha Vida consultou diversas lojas pela internet que oferecem produtos para tratar a celulite e, o melhor, por um preço acessível. Confira abaixo:

Creme Anticelulite para Pernas Goicoechea 400ml
1. Creme Anticelulite para Pernas Goicoechea 400ml – R$ 27,60

Leia também: Skin renov Anvisa

O anticelulite da Goicoechea tem propriedades lipomodeladoras, que melhoram a aparência da pele e o aspecto de casca de laranja causado pela celulite. O produto combina as propriedades de dois extratos naturais: a castanha da índia, que traz alívio para a sensação de cansaço, tensão e inchaço das pernas; e a centella asiática, que tem ação relaxante que alivia as pernas. Além disso, contém colágeno e elastina que agem incrementando a firmeza e elasticidade da pele.

Loção hidratante Nivea Pernas Renovadas Anticelulite Q10 Plus 400ml
2. Loção hidratante Nivea Pernas Renovadas Anticelulite Q10 Plus 400ml – R$ 33,80

O hidratante corporal diário Nivea desincha, relaxa as pernas e promete hidratação por 24 horas. Contém coenzima Q10, L-Carnitina e cafeína, que combatem a celulite e firmam a pele em 4 semanas. O menthol na fórmula ajuda a refrescar e ajuda a melhorar a circulação, aliviando a sensação de cansaço e inchaço das pernas. Pode ser aplicado nas áreas com varizes.

Gel Creme Nivea Bye Bye Celulite Redutor de Celulite 200ml
3. Gel Creme Nivea Bye Bye Celulite Redutor de Celulite 200ml – R$ 47,79

Com textura suave, este é um gel-creme de rápida absorção que promete reduzir os sinais da celulite em quatro semanas de uso. O produto também busca tonificar e revigorar a pele. É indicado para uso 1 ou 2 vezes ao dia nas áreas afetadas, como coxas, culote, glúteos e barriga.

Creme para massagem D’agua Natural – Pimenta Negra 650ml
4. Creme para massagem D’agua Natural – Pimenta Negra 650ml – R$ 48,25

Formulado com óleo de pimenta negra, auxilia na ativação do sistema linfático, promovendo aumento da circulação sanguínea. É um estimulante metabólico e descongestionante que auxilia na redução de medidas e celulite. Por seus componentes, pode trazer a sensação momentânea de calor para a pele.

Gel Indafarma Anticelulite 500ml
5. Gel Indafarma Anticelulite 500ml – R$ 32,50

É um produto multifuncional, que combate a celulite, reduz as gorduras localizadas, promove a firmeza da pele e a hidratação. Promove uma melhora estética geral no aspecto do corpo. Deve ser aplicado massageando a pele até o produto ser absorvido.

Loção Firmadora Anticelulite DMAE Nupill 200ml
6. Loção Firmadora Anticelulite DMAE Nupill 200ml – R$ 33,60

Loção com ativos contra celulite e flacidez. Enriquecido com DMAE e SLIMBUSTER H, estimulantes para eliminar líquidos e diminuir inchaços. Para utilizar, massageie a pele com o produto, pressionando e deslizando o creme com movimentos ascendentes e descendentes até a completa absorção. Usar 2 vezes ao dia. Para resultados mais eficazes, seu uso deve ser contínuo.

Gel Natuflora Termo-Redutor com Lipossomas 250ml
7. Gel Natuflora Termo-Redutor com Lipossomas 250ml – R$ 48,30

Gel desenvolvido para tratamento cosmético da celulite e gordura localizada. Preparado com Lipossomas e com Complexo AD, com ação lipolítica. Deve ser usado diariamente na região desejada. Após utilizar o produto, é importante cobrir a região com alguma peça de roupa de algodão, então é melhor ser usado durante a noite, antes de dormir. Uso de manta térmica por 15 minutos pode potencializar o efeito.

6 segredos para desfrutar de boa saúde sexual

A saúde sexual é parte integrante da saúde, bem-estar e qualidade de vida como um todo. Para manter sua vida sexual ativa e satisfatória, aqui estão algumas dicas a seguir.

1. Coma saudável.

A sexualidade é um reflexo do estado geral de saúde. Para ter uma vida sexual ativa, é bom cuidar da sua dieta. Alimentos saudáveis ​​nutrirão seu corpo para permitir que ele seja o melhor em muitas situações, incluindo o sexo. Além disso, uma dieta saudável (pobre em gorduras de sódio e maus, por exemplo) pode ajudar a combater doenças como pressão alta e colesterol alto, que pode ser associada com disfunção eréctil, que afeta quase um cada dois homens depois de 40 anos.

2. Evite fumar.

Fumar diminui sua vitalidade, inclusive sexualmente. Além disso, o tabaco causa um fenômeno de constrição dos vasos sanguíneos em todo o corpo, incluindo os genitais. Nos homens, essa diminuição no fluxo de sangue para o pênis causa dificuldade em obter ou manter uma ereção. Nas mulheres, esse fenômeno também ocorre nas áreas genitais, o que causa vários problemas, incluindo uma redução na lubrificação.

3. Mantenha um peso saudável.

As pessoas com excesso de peso ou obesas têm maior probabilidade de desenvolver pressão alta, colesterol alto e diabetes, condições médicas que podem afetar a saúde sexual. A manutenção de um peso saudável ajuda, entre outras coisas, a prevenir essas doenças associadas à disfunção erétil e outros distúrbios sexuais. Além disso, sentir-se bem com o seu corpo pode ajudá-lo a viver uma sexualidade mais satisfatória e satisfatória.

4. Limite seu consumo de álcool.

Seria fácil pensar que o consumo de álcool facilita as trocas de sexo, enquanto a realidade é bem diferente. A pesquisa mostrou que beber muito álcool pode afetar negativamente as habilidades sexuais de homens e mulheres. Pode, por exemplo, reduzir a capacidade de um homem ter e manter uma ereção. Altas doses de álcool também podem reduzir a capacidade de uma mulher se excitar sexualmente e ter um orgasmo.

Conheça o melhor estimulante sexual masculino, o Forteviron.

5. Comunique-se com o seu parceiro.

Para viver uma boa vida sexual, é importante sentir-se confortável. Escolha um bom lugar e converse com seu parceiro sobre suas preferências e preferências de amor, assim como sua família. Em qualquer caso, você deve se sentir livre para experimentar coisas novas e respeitadas na esfera sexual. Não faça nada para agradar seu parceiro se isso lhe causar desconforto.

6. Proteja-se.

Se você não está disposto a enfrentar a possibilidade de uma gravidez não planejada, certifique-se de usar um contraceptivo adequado para você. Coloque a segurança em primeiro lugar: o uso de preservativos oferece proteção dupla, incluindo a redução do risco de contrair uma infecção sexualmente transmissível (IST). A triagem também é uma boa maneira para você e seu parceiro evitar o risco de ter um STI.

E acredito que o mais importante de tudo é manter uma relação saudável com seu médico porque ele é a pessoa que conseguirá te dar as melhores dicas quando o problema é sexual.

Então se você sofre de algum problema sexual o médico é a primeira pessoa que você tem que contar.

4 dicas para melhorar sua vida sexual.

Hoje, decidi compartilhar com você 12 maneiras de sexualizar com uma mulher.

Algumas destas formas de fazer as coisas parecer-te-ão um pouco estranhas, outras ficarão mais ligadas à tua personalidade … 
Para que encontres aquelas que mais te correspondam e as implementem.

Aqui vamos nós

1. O elogio no físico:

Fácil de fazer e eficaz quando bem feito: o elogio no físico.

Gerar tensão sexual é, em primeiro lugar, destacar o fato de que algo pode acontecer entre você (diferentemente do relacionamento que a garota teria com seu melhor amigo gay).

E para fazer isso, o mais simples é declarar seu interesse (sexual) por você.

E para fazer isso, o mais simples é o elogio físico. Por exemplo:

  • “Você tem pernas bonitas. “
  • “Eu gosto do seu cabelo. “
  • “Você tem belos lábios. “
  • “Eu acho você muito sexy. “
  • Etc …

Também pode ser um elogio a um elemento do seu estilo, por exemplo:

  • “Eu gosto da sua saia, ela é muito sexy. “
  • “Eu gosto do seu top, dá um lado muito sexy. “
  • Etc …

Um elogio deste tipo no físico é ultra eficiente para criar tensão sexual .

Agora, talvez você esteja se perguntando: “Espere, mas um elogio físico não é necessário?” Não faz o homem perder? “

Se você diz isso como um cara desesperado que parece querer ganhar a aprovação da garota em questão, você será realmente um cara desesperado.

Por outro lado, se você diz de maneira confiante e não precisa da garota, você não irá sob nenhuma circunstância para um cara desesperado .

James Bond parece um cara desesperado quando elogia uma mulher por seu físico?

Pelo contrário, você mostra que tem bolas . 
Você mostra que é um homem e que não tem medo de expressar seus desejos. 
É ultra atraente.

E esse é o objetivo do que queremos fazer aqui: sexualizar. Mostre que você é um ser sexual que assume seus desejos.

2. O elogio à personalidade:

Este é o mesmo princípio que o elogio no físico.

Seguindo uma frase que lhe diz seu interlocutor, você faz dele um elogio à personalidade dele, em um tom que sugere um interesse sexual. Por exemplo:

  • “É bom. Eu gosto de mulheres empreendedoras. “
  • “Eu gosto de mulheres que não se deixam ir. “
  • “Eu gosto de mulheres um pouco frágeis. “
  • Etc …

3. Tocando:

O contato físico faz parte das armas de sexualização do sedutor efetivo. E não é por nada:

Estabelecer um contato físico com uma mulher gera excitação, da mesma forma que geraria o início das preliminares .

Para tocar uma mulher de uma maneira forte, existem diferentes maneiras de proceder.

Pode ser quando você faz um beijo (uma mão nas costas ou no ombro / braço), pode ser quando você faz dele um elogio em sua pele (você toca a pele dele), pode ser no momento você faz dele um elogio em uma peça de roupa (você toca a roupa de certa forma), pode ser para trazê-lo para se sentar em um lugar (você pega pela mão ou você envolve seu braço em volta dos ombros) ou o pescoço dele), etc …

4. Rejeição antecipada:

Um clássico quando você é um pouco familiarizado com a comunidade de sedução.

Tanto quanto eu estou preocupado, eu raramente uso, mas alguns sedutores usá-lo regularmente.

Consiste em rejeitar a menina antecipadamente , dizendo-lhe, por exemplo:

  • “Eu te amo, mas nós dois não será possível. “
  • “Não será possível entre nós. “
  • “Nós dois nunca vamos trabalhar. “
  • Etc …

Coloca na mente da menina uma possível relação entre ela e você, enquanto implica que essa relação não é possível.

Em outras palavras, é uma reminiscência do sexo de uma maneira sutil, e isso excita na medida em que ainda queremos o que não podemos ter (você neste caso).

Eu vejo muitos caras usando essa técnica de sexualização, certa e errada. 
Eles abusam e passam por caras estranhos.

Então, se você quiser usá-lo, não exagere e faça no momento certo. Não tente colocá-lo a todo custo.

Conheça o melhor estimulante sexual do mercado, o Macho Power.

Veja quatro regras de ouro para emagrecer rápido e em casa

Perder peso não precisa ser uma dor de cabeça. Medidas simples ajudam muito no objetivo, principalmente sem gastos extras

Veja quatro regras muitos importantes para perder peso rápido em casa:

Regra 1: A nutrição adequada

Para emagrecer rápido em casa a alimentação deverá ser planejada para perder peso com prazer. Receitas prazerosas, saudáveis, usar a forma de preparo correta, buscar comer alimentos de qualidade e a quantidade ideal. O Plano Detox ensina como emagrecer rápido e é um plano completo para perder peso e inteligente com alimentos, receitas e ainda um programa com ciclos e pausas para que você conseguir emagrecer, manter e ter mais saúde. E ainda tem um grupo motivacional exclusivo no Facebook para dar aquela força, trocar ideais e experiência (algumas participantes perderam 10 quilos em 10 dias). Para participar, é fácil – procure no seu navegador Plano Detox do site dieta.blog.br e se inscreva. Isso trará emagrecimento e bom impacto na sua saúde.


Leia também: Kifina anvisa

Os métodos de perder peso

Mude sua dieta com alimentos menos calóricos, faça trocas inteligentes e em vez de fritar: coma cru, cozinhe ou asse. Comer menos alimentos doces e sucos concentrados, não beber refrigerantes (1 litro de Coca- Cola contém 450 calorias, o que pode ser comparado a um bom jantar). Comer mais vezes, fazendo refeições divididas. Ao ingerir alimentos, o corpo consome pelas necessidades imediatas e para a formação de estoque. Com intervalos mais longos entre as refeições, maior a chance de guardar energia através de gordura no seu corpo e não ficará com fome se você comer a cada três horas. Além disso, o corpo consome a maior parte da energia na parte da manhã por isso não é interessante ficar com fome de manhã e extrapolar à tarde ou à noite.

Leia também: Phytophen é bom

Mastigue bem: além de controlar melhor a fome, o seu corpo precisa desse processo para ter mais saúde e boa digestão. Consuma doce apenas como degustação ou quando estiver com muita vontade, mas antes de ir comer o doce coma uma fruta antes para diminuir a ansiedade Coma a sobremesa apenas quando estiver sem fome, prove devagar e siga o princípio de “menos é mais”.

Você sente muita fome? Controle a fome meia hora antes da refeição principal, beba um copo de leite desnatado com um pedaço de pão preto ou uma banana, maçã, pera ou laranja. Seu corpo vai começar a sentir menos fome e você vai comer menos.

Evite o álcool. Além de conter alta caloria, com ele perdemos o controle sobre a quantidade de alimento que consumimos. O álcool agride o corpo, desregula o sono e o bom funcionamento do organismo.

Regra 2: A atividade física

Mesmo estando nas dietas mais rígidas, não fazer atividade física vai comprometer o resultado. Esportes ativam os processos metabólicos do corpo, elevam o colesterol bom e ajudam a emagrecer.

Pular corda para perda de peso: Pular corda pode manter o corpo em boa forma. Depois de quinze minutos, ele queima 200 calorias, não ocupa muito espaço e pode ser feita em casa. Comece com os saltos mais simples, tente pular baixo, fixando o corpo em uma posição, vá aumentando a dificuldade.

Bambolê: Se usado durante 15 minutos, o bambolê queima a partir de 200 a 250 calorias, e pode estar sempre ao seu alcance. Tem um impacto principalmente na área da cintura, abdômen e coxas, melhorando a redução da celulite. Não é preciso muito para poder se movimentar.

Exercícios pela manhã têm um efeito poderoso sobre o corpo e ainda ajudam as técnicas de respiração. Em casa também podem ser usados outros tipos de exercícios. É só entrar na internet e escolher o que você gosta mais.

Regra 3: Dicas de perda de peso em casa

Mudanças na dieta e aumento da atividade física são componentes fundamentais da perda de peso. Não se esqueça sobre procedimentos adicionais que ajudarão você a perder peso rapidamente em casa. Aqui estão alguns:

Sauna: É uma forma de perda de peso agradável. Dá para ficar mais radical esfregando o corpo com mel ou sal, enquanto a sudorese começa. Contraindicações: presença de erupções cutâneas, arranhões e outras doenças da pele, e problemas com o coração

Cremes redutores: Especialmente creme termogênico que estimula o metabolismo do corpo, melhora a circulação sanguínea e a drenagem linfática devido ao efeito térmico quando aplicado a áreas problemáticas.

Roupa especial com tecidos de alta tecnologia: shorts, calças, cintos. Usá-los durante a atividade física reforça o efeito do exercício devido ao aquecimento da gordura subcutânea.

Massagem: Uma grande ajuda relaxando o corpo, melhorando a aparência da pele e o metabolismo. Vários massageadores que estão agora à venda, talvez não 100%, mas substituem massagem profissional e ajudam-no a perder peso rapidamente em casa.

Enrolar-se em algas, lama, óleo, mel, argila: Este é um dos processos mais eficazes adicionais para perda de peso, apenas três ou quatro sessões para alcançar uma redução da cintura. Eles também podem ser feitos em casa através da combinação com massagem e banho com sal marinho – o processo de perda de peso será mais rápido.

Regra 4: Humor psicológico

A primeira coisa que você tem a fazer é reconhecer que está doente, especialmente se o seu peso é maior do que o desejado. Se você sabe que não pode e ainda assim você come, isso pode ser sinal de que a ansiedade está grande. Para tratar essa doença, você precisa mudar o seu modo de vida para sempre, caso contrário, a doença voltará novamente. A decisão de perder peso é apenas sua, ninguém é capaz de fazer você cumprir uma dieta ou exercício, além de você. Compartilhe com pessoas que têm o mesmo objetivo, escolha um grupo de apoio. Emagrecer é difícil, por isso é importante buscar ajuda. Aprenda a ver suas conquistas diárias e descreva o que está acontecendo com você para que evite os erros e não se puna – sempre siga em frente para melhor. Você deve ser positivo. Encontre a motivação para perder peso, fique orgulhoso de você. Sempre faça fotos na função beauty da câmera ou celular, arrume o cabelo, use roupas com bom caimento e, se perceber que mudou, festeje o sucesso mantendo-se sempre alegre. Aprenda esse eficaz truque, substitua pratos grandes por pequenos para comer menos. E o mais importante, nunca duvide do seu sucesso, imagine o que você quer ser e se ame do modo que você é!

Especialista mostra como emagrecer rápido e sem passar fome

Como emagrecer rápido? A especialista em emagrecimento saudável Rosi Feliciano vai falar de dicas importantes para você perder peso e não voltar a engordar.

Para perder peso rápido o corpo precisa gastar mais calorias do que ganha através da alimentação, criando assim um déficit que obrigada a perda de peso. Por isso, uma dieta para emagrecer de baixa caloria é fundamental para emagrecimento rápido. Interessante ter uma porção suficiente de vitaminas, minerais, proteína e carboidratos. Para um efeito mais rápido de perda de peso algumas dietas são formadas com alimentos que aceleram o metabolismo: termogênicos, diuréticos, laxativos, nutritivos, que saciam a fome e ricos em água.

Além disso, é importante analisar a pessoa individualmente, saber do estado de saúde atual, estado mental, os hábitos alimentares e a rotina de atividade física. Analisando o indivíduo com um todo, podemos focar em soluções que realmente ajudam a emagrecer.

Como o corpo reage quando a gente perde peso rápido?

Quando a gente perde peso, emagrece o corpo todo e não em um lugar especifico, sendo assim as pessoas não perdem peso diretamente na barriga ou culote como gostariam. A gordura é mais fácil acumular nos locais onde é mais vulnerável, flácido ou com predisposição genética.

Como é perder peso rápido em uma semana?

Vai ficar mais visível em alguns locais do que outros. Com a rápida perda de peso, tirando as exceções, inicialmente já é possível afinar o rosto, a barriga vai ficar menos pontuda, depois disso, vai diminuir a quantidade de gordura nas nádegas, culotes e por último a barriga e braços. É importante avaliar o que você está perdendo: gordura, líquido ou massa magra? O interessante é perder só gordura e líquido em excesso no organismo. Para isso, é importante uma dieta e exercícios adequados a você. Assim você vai manter e criar massa magra que promoverá força e lindos músculos.

Primeiro faça um check-up

Um checkup é importante principalmente para diagnosticar aspectos fundamentais da sua saúde como: condições da sua articulações, diabetes, colesterol, pressão alta, absorção das vitaminas. E ainda um dos fatores que impedem a perda de peso é o mal funcionamento da tireoide. Por isso um check-up com exames clínicos e de sangue com profissional de saúde. Isso mostrará dados importantes que influenciaram a sua perda de peso e a dieta a seguir.

Exercite para conseguir perder peso

Para perder peso em uma semana e ainda 10 kg você deve buscar além da dieta uma atividade física para trabalhar os músculos. Exercício especial para perda de peso é o de cardio, como: correr, andar, step, ou seja, se movimentar rápido. Para ter mais flexibilidade, faça alongamentos e massageei seu corpo todos os dias. Massagem e alongamentos fazem a preparação física, melhora o fluxo sanguíneo para as áreas apropriadas do corpo, assim a gordura vai queimar um pouco mais rápida.

Beba água o dia todo

Hidratar é fundamental para o funcionamento do corpo. Para emagrecer seu corpo precisa estar funcionando bem e no modo rápido de queima de calorias, para isso é necessário beber de 2 a 5 litros de água por dia de preferência 6 vezes ou mais por dia. Hidrate também através de: água de coco, sopas, legumes, folhas, chás, sucos (importante evitar sucos concentrados, calóricos, açúcar, conservantes e sódio)

Emagrecer com saúde é mais do que perder peso rápido. É também entre outras coisas manter o peso perdido, por isso é importante buscar algo mais do que uma dieta rápida é preciso programação em longo prazo e ainda mudar o estilo de vida. Mudar os estilo de vida e emagrecer é uma tarefa bem difícil, a maioria das pessoas voltam a ganhar peso ou desistem no meio do caminho, então busque algo mais completo que possa apoiar seu plano de emagrecer antes, durante e depois.

O segredo das dietas para perder peso rápido

O segredo da alimentação para emagrecer rápido está na quantidade de alimentos consumidos e também na forma de preparo ideal cru, cozido ou assado. O ser humano na maioria necessita de 2000 mil calorias por dia. Isso varia de uma pessoa para outra, então é bom consultar. Você vai descobrir que é necessário comer menos e certo para perder peso. Ideal comer de 5 a 6 vezes por dia porções pequenas (200ml) e de baixa caloria, contendo: legumes, verduras, leite, iogurte, ovos, carnes e semente oleoginosas.

Leia também: Como emagrecer

As dietas são construídas de 800 a 1500 calorias e por poucos dias.

Exemplo de construção de cardápio de dietas para perder peso:

Café da manhã: 250 calorias: 140 gramas de alimento rico em proteínas, 30 gramas de alimento rico em carboidratos e 150 gramas de alimento rico vitaminas

Lanche da manhã: 100 calorias: sementes oleaginosas Almoço: 350 calorias: 160 gramas de alimentos ricos em proteínas, 50 gramas de alimentos ricos em carboidratos e 200 gramas ricos em vitaminas.

Lanche da tarde: 100 calorias: 100 gramas de alimentos ricos em vitaminas. Jantar: 300 calorias: 140 gramas de proteínas, 30 gramas de carboidratos e 150 gramas de vitaminas.

Ceia: 100 calorias: 100 gramas de alimentos ricos vitaminas.

Total: 1200 calorias

Pode-se tomar chá quando estiver com fome: chá verde, camomila, erva doce, erva cidreira e outros

Legenda:

Carboidratos: mandioca, batata, inhame, cara, pão, farinha de trigo integral, arroz e outros

Vitaminas: frutas, legumes e verduras.

Proteína animal: carnes, leite, ovos, iogurte e outros.

Proteína vegetal: feijão, abacate, quinoa, grão de bico, cogumelo, soja, castanha do Pará, castanha de caju, amendoim, nozes, semente de linhaça, semente de abobora, gergelim e outras

Para perder peso evite: farinha branca e arroz branco em excesso, açúcar, frituras, alimentos industrializados, alimentos processados, sódio e álcool.