7 ERROS QUE O IMPEDEM DE TER UM CORPO DE APTIDÃO

7 ERROS QUE O IMPEDEM DE TER UM CORPO DE APTIDÃO

Bom dia garotas! Em primeiro lugar quero agradecer-lhe por todos os parabéns que recebi ontem, não consegui responder a todos vocês, mas estou muito grato pelo amor que recebi ontem.

Hoje eu escrevo uma dica que se encaixa nos erros mais comuns que costumamos fazer tanto na dieta quanto na rotina esportiva quando se trata de obter um corpo físico.

Leia também: Megacil funciona

Eu concordo que o objetivo mais importante quando se trata de esportes é se sentir saudável, positivo e ágil, mas você também deve reconhecer (estatísticas corroborar e se não perguntar por aí) que quando fazemos esportes, nós também fazemos isso com um motivação estética . As mulheres, acima de tudo, o que mais nos preocupa são as nádegas, a região abdominal e as pernas. No entanto, apesar do esforço que estamos colocando dia após dia, muitas vezes, não alcançamos nossos objetivos.

Aqui deixo os erros mais comuns que costumamos fazer e que também são muito fáceis de resolver, você só precisa estar ciente dos erros e fazer uma pequena alteração no chip:

DIETA

Muitos de nós pensam que comemos de forma saudável e cometemos muitos erros em nossa dieta. Eu sempre digo a mesma coisa, você deve comer tudo. Você não deve eliminar alimentos de sua dieta, a menos que seja intolerante ou alérgico. Cuidado com as dietas da moda que eliminam o glúten, pão, gorduras, carboidratos, … Você deve comer tudo e em equilíbrio.

Também é verdade que cada um tem suas necessidades de acordo com sua atividade física, idade, trabalho, metabolismo, … mas uma regra inevitável para fazer uma dieta equilibrada é que você deve fazer uma média de seis refeições por dia (não abundante) em que Você vai comer carboidratos, gorduras, proteínas, vitaminas e minerais. Nas minhas receitas de fitness, encontrará exemplos de refeições saudáveis ​​e equilibradas que o ajudarão nos seus objetivos.

FIBRA

Outro erro muito comum em mulheres atletas é a falta de fibra. Nós, como mulheres atletas, temos as necessidades desse nutriente maiores do que uma mulher sedentária. Como um fato básico, você deve levar em conta que as atletas devem consumir em média 25 a 35 gramas de fibra por dia.

Você também deve ter em mente que existem dois tipos de fibras solúveis e insolúveis. Os primeiros são aqueles que gelam durante a digestão e ajudam a não aumentar a glicose no sangue, dando-nos uma sensação de plenitude.

Os segundos (insolúveis) são aqueles que atuam como “vassoura” em nossos intestinos e empurram o bolus de uma forma que nos ajuda a combater a constipação.

Fibra solúvel: farelo de aveia, frutas, legumes, algumas leguminosas, …

Fibra insolúvel: farelo de trigo, legumes, cereais, …

Parece difícil comer ou calcular a fibra que precisamos diariamente, mas se todos os cereais que você bebe são inteiros, se na comida (por exemplo) você come vegetais, na salada do jantar e você adiciona pelo menos dois ou três pedaços de fruta por dia, Você vai se aproximar da quantidade de fibra diária que você precisa.

HIDRATAÇÃO

01. Mejora tu hidratación en blog de fitness para mujeres É essencial que você beba muita água, especialmente agora no verão, mesmo sem sentir sede. A cada 20 minutos você deve beber alguns goles de água.

Você deve ter em mente que quando temos a sensação de sede, isso significa que já estamos desidratados. Nosso mecanismo de aviso chega com um certo atraso, então você deve beber sem sede.

Pode custar no começo, mas se você adotar o hábito, verá como isso não é tão difícil. Tudo é uma questão de educação. Ahhh! E esqueça os refrigerantes com açúcares, tente que sua bebida habitual seja a água ou refrescos naturais. Eu já te falei sobre eles aqui.

TRABALHAR COM PESOS

Eu já sei que sou muito pesado e sempre digo a mesma coisa. Mas nos pesos é a base da mudança e melhoria física e esportiva. Os pesos nos permitem moldar nosso corpo , eliminar a celulite, reduzir mais gordura e parecer mais feminina . Eles também aumentam o nosso metabolismo porque nos ajudam a ganhar massa muscular, com a qual podemos comer um pouco mais. E o mais importante, porque sei que você está preocupado, você não será como um homem. Pelo contrário, você verá mais feminino. Custa muito para ser como um homem porque, com base em nosso sistema hormonal, como não é dominado pela testosterona, não tem tendência a ganhar massa muscular.

Em termos de melhoria do esporte, os pesos são uma boa combinação com esportes de resistência, como corrida, triatlo, ciclismo, natação … porque eles nos ajudam a ganhar força e melhorar nossos resultados. Eu sempre digo a mesma anedota, mas quando eu fiz a minha primeira maratona eu não fiz pesos, na minha segunda maratona eu combinei o treinamento de pesos e cardio e abaixei em quase uma hora o tempo. Então, tome nota, combine cardio e pesos e você verá como você melhora esteticamente e atleticamente.

AUMENTO DO PESO 0202 Consejos fitness de entrenos en blog de recetas fitness copia

Meninas, eu sei como é difícil entrar na sala de musculação, mas depois de dar o passo, esqueça os halteres de 2 quilos. Pegue um peso que custa você se mover e que não permite que você faça mais de 12 ou 15 repetições por série. Você deve ter o peso máximo que pode mover executando uma execução técnica correta.

CARDIO

Cardio é importante, mas você não deve fazer horas e horas de cardio. Com 30 minutos de cardio, cinco dias por semana após a sessão de peso, você terá mais do que suficiente para reduzir a gordura e melhorar sua estética. Eu aconselho você a fazer uma sessão de cardio HIIT uma vez por semana. Aqui estão vários exemplos de rotinas de cardio hiit.

DESCARTE

Durma pelo menos 7 ou 8 horas por dia . Talvez você ache que o seu corpo não precisa deles, mas vou te avisar sim, essas horas são aquelas que minimamente seu corpo precisa para recuperar e poder retomar mais um dia de trabalho, treinamento, família, obrigações, … cheio de energia e bom humor. Tente dormir estas horas e você verá como seu corpo e sua mente o apreciarão !!

Em suma belo, o que eu sempre digo … Se você quer ter o corpo que você nunca teve, você deve tentar fazer coisas que você não tinha até agora.

Mude hábitos, mude sua rotina e você verá como seu corpo mudará.

TESOUROS FELIZES DE QUARTA-FEIRA!

CONSELHOS NUTRICIONAIS ONLINE

► Se você precisar de ajuda ou conselhos on-line, posso ajudá-lo a atingir suas metas.

► Preços e pacotes a partir de 55 euros. Este pacote inclui uma dieta personalizada com um acompanhamento quinzenal de 4 semanas e uma rotina desportiva adaptada aos seus objetivos . Depois, você pode seguir por si mesmo o caminho de ser FIT.

Como treinar para obter um corpo simétrico

Como treinar para obter um corpo simétrico

Zona Fitness

Por Giuliano Di Giacinto – Caracas.
Contato: [email protected]

Quando chegamos aos templos para esculpir nossos corpos, sempre temos uma preferência por um corpo musculoso, esquecendo completamente a simetria e a estética em nosso corpo, sentimos um desejo pelas costas ou peito, bíceps ou tríceps, sem realmente ver o que nosso pontos fortes ou fracos. Quer dizer, se conseguirmos desenvolver o tórax, as costas, o tríceps de forma muito pronunciada, está indo mal, muitos dirão que é mentira, mas refletem, preferem um corpo que seja atraente por sua simetria ou assimetria, acredito que o primeiro do que o segundo.

Leia também: Como acabar com a caspa

Se não temos bezerros, ombros, antebraço, trapézio, devemos prestar mais atenção e treinar com mais freqüência, músculos mais desenvolvidos devem esperar, lá você vai ver ao longo do tempo que você cria um corpo simétrico.

Na graça antiga, diz-se que as pessoas iam treinar nuas para apreciar a beleza dos corpos – imagine que hoje – e para desenvolver corpos estéticos para venerar os deuses, a palavra estética tem sua essência e significado para os gregos. Portanto, não negligencie seus bezerros, ombros, antebraços, trapézios, entre outros.

Deve-se notar que muitas pessoas esquecem de treinar suas pernas, sem saber que a maioria delas e o maior corpo muscular estão lá, se você conseguir fracassar, ou seja, sentir dor no dia seguinte, você produz muito mais testosterona que no resto os músculos. Se você combinar a parte inferior do seu corpo com o superior, você vai conseguir uma grande quantidade de hormônio de crescimento que irá ajudá-lo a criar tecido muscular. Claro, você deve comer várias refeições por dia e dormir sete horas pelo menos. Portanto, não seja um daqueles atletas que apenas treinam suas partes fortes, criando corpos assimétricos, a harmonia é essencial em nossas vidas para nos sentirmos bem em relação a nós mesmos. Sucesso!

Moldando o corpo: como conseguir um torso largo com músculos desenvolvidos

Moldando o corpo: como conseguir um torso largo com músculos desenvolvidos

A parte superior é a área principal em que os homens se concentram quando treinam. Um especialista explicou para Infobae uma sessão rápida e eficaz para desenvolver plenamente a área
12 de outubro de 2017

Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Twitter
Play
Conseguir mostrar um tronco definido, marcado pelos músculos marcados, é um objetivo proposto por muitos. Sendo uma das áreas do corpo que os homens primeiro notam, também é conveniente treiná-la além dos desejos estéticos: ter uma parte superior trabalhada é muito mais do que usar um abdômen, peitorais e ombros sensuais e tonificados.

Leia também: Forscolina ou Forskolin o que é quais os benefícios emagrece

Por exemplo, o fortalecimento dos músculos da base da coluna vertebral – moldado pelo músculo reto abdominal, transverso e oblíquo, e localizado ao redor do tronco e da pelve – proporciona estabilidade para a coluna, contribuindo para o equilíbrio e a postura.

Orientado para aqueles que estão nessa busca, o professor de educação física e personal trainer Francisco Ozores desenvolveu para a Infobae uma rotina ideal de apenas cinco exercícios para focar esforços e desenvolver integralmente uma área complexa.

1. Voo lateral para um braço inclinado: elevações laterais são um bom exercício para desenvolver grande parte do deltóide. Os trapézios também estão envolvidos. É importante evitar lesões para disciplinar a fim de cumprir a prática corretamente e não cair em erros freqüentes, como estender o braço completamente, usando muito peso ou levantando os braços acima da cabeça.

2. Pressione inclinado com haltere: a posição é com os pés apoiados no chão e os quadris, ombros e cabeça alinhados e em contato com o banco. Projetado para trabalhar os músculos peitorais, um peito largo e cheio ajuda a definir o tronco e define a barra de simetria.

3. Pressione para um braço: é uma variante de complexidade, envolvendo músculos de uma grande parte do corpo, como os quadríceps, os músculos abdominais e, fundamentalmente, concentrando a tarefa nos deltóides. “O trabalho isolado e com halteres irá gerar um trabalho completo e equilibrado para os deltóides”, disse o especialista.

4. Pulley para o peito: “Este exercício é ideal para o desenvolvimento dos números, especificamente o latissimus dorsi”, disse Ozores. A maior rodada também está envolvida. Com um aperto estreito, os esforços caem principalmente na dorsal inferior, enquanto que na parte superior dorsal, as mãos devem ser separadas mais uma da outra ao tomar a barra. Secundariamente, influencia o trapézio e o bíceps braquial, assim como o braquial anterior, que permite o movimento do peso com os braços.

5. Abra o remo baixo: mantendo o peito para frente, os ombros para baixo e as costas arqueadas e direcionando a barra em direção à cintura com um aperto aberto entrará em ação a parte do sulco largo, um músculo grande que suportará melhor o empuxo. O círculo principal, o deltóide, o trapézio e o romboide também são trabalhados.

Os 12 melhores truques para perder peso

Os 12 melhores truques para perder peso

Nós não falamos de dieta. Siga estas dicas para recuperar seu peso.
A melhor receita para recuperar a linha é parar de ficar obcecada com o peso e tratar-se como uma rainha, pensando na harmonia entre mente e corpo.

Três bons ingredientes para o sucesso: um grama de inteligência, uma pitada de estratégia e muita imaginação.

Trucos para bajar de peso en el postparto

Dicas para perder peso:
1. Coma pouco, 5 vezes por dia
As estatísticas revelam que as pessoas que mantêm um peso adequado a longo prazo não costumam pular refeições e tendem a fazer cerca de 5 pequenas por dia, em vez de duas grandes. Ao comer dessa maneira, eles mantêm o apetite afastado e melhoram o metabolismo, porque eles queimam calorias em cada digestão.

Leia também: Neosaldina para sua dor de cabeça

2. Beba 6 copos de água por dia
Muitas pessoas acreditam que estão com fome quando o que realmente sentem é sede. Além de ficar hidratado, um copo de água antes de comer fará com que você coma menos. Outra vantagem de beber muita água: evita a constipação.

3. Dê-se tréguas
Tome um pão ou batatas fritas uma vez por semana não é uma aberração; Pelo contrário, essas pequenas licenças podem ajudá-lo a manter a linha porque evitam a sensação de proibição total (esse sentimento é o que leva aos excessos).

4. Conta até 10
Especialistas em nutrição descobriram que “ataques de fome” duram cerca de 10 minutos. Portanto, antes de lançar-se no chocolate ou no chouriço, dê-se 10 minutos … e saia da cozinha. Nesses 10 minutos, faça uma caminhada ou dedique-se a alguma tarefa pendente. Por exemplo, peça o armário do banheiro (algo que lhe dá a sensação de que uma tarefa foi concluída). Se, no seu retorno, você ainda estiver com fome, tome um iogurte desnatado, uma maçã ou um chá …

5. Pense em 10%
As maiores taxas de sucesso quando se trata de perder peso ocorrem em pessoas que começam estabelecendo uma meta de perder 10% do peso. Talvez eu encoraje você a saber que essa perda será refletida imediatamente em sua cintura; apenas a gordura que mais desfigura a silhueta e a mais perigosa para a saúde cardiovascular.

6. Preserva o sabor, com menos calorias vazias
Experimente novos molhos leves (simplesmente misturar maionese com 50% de iogurte reduz as calorias pela metade); crie sanduíches apetitosos com pão integral; comprar carnes magras em vez de laticínios gordos e sem gordura em vez de inteiros …

7. Se você sair para jantar, não termine a louça
Um truque para obtê-lo: comer devagar e falar muito. Isso dará tempo para que o sinal de saciedade alcance o cérebro. Outro truque: sempre inicie as refeições com uma salada (poucas calorias e muitas vitaminas).

8. Evite refrigerantes açucarados
Eles são a maior fonte de calorias vazias (sem nutrientes de qualquer tipo) da dieta ocidental. Para mais inri, essas calorias não satisfazem o apetite como os sólidos fazem. Se você realmente precisa de algo doce, mastigue chiclete ou coma uma maçã, um iogurte com muesli ou alguns morangos.

Artigo recomendado
Teste pré-natal não invasivo
O que é o teste pré-natal da HARMONY e que vantagens oferece em comparação com as técnicas tradicionais?
É um teste não invasivo de uma amostra de sangue materno, que elimina o risco de aborto que outras técnicas invasivas apresentam …

9. Coma como uma rainha
Comer com pressa é desastroso para a fila. Embora a princípio pareça irritante, ponha a mesa toda vez que você comer e coloque-a com prazer, como se fosse seu próprio convidado. Saboreie cada mordida, “internalizando” o sabor. Aprenda a preparar pratos deliciosos e nutritivos com poucas calorias.

10. Tome proteínas de qualidade
Os peixes são cheios de benefícios (eles contêm os fantásticos ácidos graxos ômega-3, que protegem suas artérias e seu cérebro); as dos produtos lácteos ajudam a perder peso (foi provado que, com iguais calorias, uma dieta rica em cálcio ajuda a controlar o peso); Carnes magras contêm valiosas vitaminas B.

11. Não pule o café da manhã
Está bem estabelecido que as pessoas que tomam café da manhã têm metade do risco de obesidade do que aquelas que saem de casa em jejum ou com um café bêbado (entre outras razões, porque elas comem menos durante o dia e geralmente não bebem).

12. Ame-se muito e você perderá peso
Pense em como você vai se tratar da melhor maneira possível e siga um plano de vida que o ajudará a melhorar sua saúde geral, tanto física quanto mental. É muito mais provável que esse tipo de atitude tenha sucesso na busca de um estado físico harmonioso do que “perca 5 quilos em um mês”. Nós já explicamos a você: dietas rápidas acabam reduzindo o metabolismo porque, em antecipação a novos períodos de escassez, o corpo “aprende a economizar calorias”.

Fonte: https://www.valpopular.com/neosaldina-para-sua-dor-de-cabeca/

8 razões pelas quais você não adquire um corpo estético

8 razões pelas quais você não adquire um corpo estético

Você gostaria de “mostrar” músculos neste verão, mas nada, não há como consegui-lo? É muito possível que você esteja cometendo um desses oito erros …
Tommy Álvarez – 29/06/2015 16:18
8 razones por las que no consigues un cuerpo atlético
8 razões pelas quais você não adquire um corpo atlético
1. SUA COMIDA DÁ RISO

Fonte: Transtorno bipolar saiba o que é sintomas e tratamentos

Este é o motivo mais óbvio. “Você nunca pode treinar uma dieta ruim”, absolutamente todo o trabalho duro que você faz jogará fora se você der seu corpo “gasolina de má qualidade”.
Muitos alimentos afetam adversamente os níveis hormonais e isso pode levar a um armazenamento de gordura inesperado.
Você pode estar comendo muitas calorias. Ainda há aqueles que dizem que “você pode comer o quanto quiser, evitando carboidratos … ou enquanto estiver treinando duro”. Não é verdade.
Você pode não estar comendo calorias suficientes. Algumas pessoas entram em um regime tão agressivo que basicamente “desligam” seu metabolismo e torna-se muito, muito difícil perder a gordura extra.

Solução: descubra o que funciona para você. O que eu acho que posso dizer é que, como regra básica, você não vai errar com grandes quantidades de legumes, carne e peixe magro … e que a água é a sua bebida habitual.

2. VOCÊ NÃO TRABALHA NA FORÇA

Se você vai para a academia, mas é um daqueles que comem a esteira, se tornou um guru de Pilates ou move seu quadril melhor do que qualquer um na aula de Zumba, tenho más notícias para você: é muito possível que você veja efeitos imediatos mas se você não trabalhar a força de maneira complementar, o “efeito platô” será iminente. Você se tornará eficiente demais nessas atividades, colocará o quinto e desfrutará do treinamento de maneira muito confortável. Em outras palavras, você se tornará eficiente demais.
Ter mais tecido magro (musculatura) em seu corpo ajudará a aumentar a taxa metabólica e melhorar a queima de gordura. O “cardio” de longa duração que muitas das atividades oferecem pode ir contra os efeitos que você está procurando.

Resolva: Você tem que fazer pesos!

3. FAZ PESOS, MAS NÃO COM CARGAS ALTAS

Ok, você está fazendo pesos, perfeito !, mas os halteres de 3 e 5 kg não contam. Lembre-se que estamos falando em mudar sua composição corporal e isso acontece perdendo gordura e mantendo a massa muscular. Se você está realmente procurando por uma mudança, você terá que criar estímulos que façam seu corpo acordar da letargia e procurar por grandes adaptações. Quanto mais você trabalha, mais calorias você vai queimar.

Se você tentar se livrar de 5-8 kg de gordura corporal sem perder seus músculos durante o processo, você deve usar o treinamento de força como forma de manter seu tamanho e força.

Treinamento de força + Alimentação adequada = Perda de gordura sem perda de massa muscular.

Resolva : TREINE COM ALTAS INTENSIDADES!

4. VOCÊ PESA, ALTA CARGA … MAS VOCÊ EVITE OS “GRANDES MOVIMENTOS”.

Você já está comendo bem, levantando pesos e, além disso, cargas altas … você está a caminho! Você não consegue os resultados que deseja? O problema, talvez, é que você gasta muito tempo entre extensões de quadríceps, elevações laterais e roscas de bíceps. Os grandes movimentos compostos e multiarticulares são a sua apólice de seguro quando se perde gordura e se mantém a musculatura, basicamente por algo muito simples, porque são muito mais difíceis!
10 agachamentos profundos com carga alta “arrancarão” mais de você do que 10 repetições de rosca bíceps com carga alta. Ao recrutar mais massa muscular junto com um padrão de movimento complexo produzirá maior estresse metabólico em seu corpo e esta é a fórmula perfeita para liberar mais testosterona, a rainha dos hormônios de construção muscular.

Eu não estou dizendo que você deve evitar exercícios como o rosca bíceps ou o remo com halteres de uma mão, mas deixá-los como parte de auxiliar os grandes movimentos. A chave está nos movimentos grandes e complexos, adicionam às suas rotinas deadlifts, squats, chest press, dominados e, acima de tudo, movimentos olímpicos (carregados, rasgados, etc.).

Resolva: USE EXERCÍCIOS GRANDES E COMPLEXOS!

Truque: Incorpore os “grandes movimentos” no início de suas sessões, quando seu sistema nervoso ainda estiver fresco e deixe os exercícios de assistência abaixo.

5. QUEBRA MUITO ENTRE A SÉRIE

Treinar com cargas elevadas requer descanso adequado para poder realizar a próxima série com a força necessária, mas para séries de 10 repetições tente não descansar mais do que um minuto e meio se puder (repito, se puder).
Dessa forma, você manterá seu coração em um alto desempenho e garantirá que está treinando dentro dos níveis de fadiga adequados ao seu objetivo. Então você estará treinando seu cardio enquanto trabalha contra a resistência pesada, o que é uma dupla vitória!

Nota: Você leu corretamente … o treinamento cardiovascular não é exclusivo para fitas, bicicletas e elípticas.

Resolva: MENOS MENOS ENTRE SÉRIES E EXERCÍCIOS!

6. SUA FREQUÊNCIA É MUITO BAIXA

Você não obterá resultados visíveis se você só levantar cargas pesadas um par de dias por semana. Não importa o quanto você treine, a frequência (se for alta, melhor) oferece resultados muito melhores.
Nós tendemos a ser bons naquelas coisas que fazemos repetidamente. Começando com a segurança em termos de execução técnica e o desenho do plano certo, coloque esses músculos para trabalhar por pelo menos três dias por semana. Pergunte a si mesmo 3, 4 ou 5 horas por semana, do total de 168, para desenvolver o corpo que você quer, e com o prêmio de saúde, ele não deveria estar pedindo muito. Se você quiser mudar seu corpo, comece fixando sua agenda e colocando sua saúde em primeiro lugar.

Resolva: TREINE MAIS VEZES UMA SEMANA POR MENOS TEMPO!

7. SEU ESTILO DE VIDA NÃO É APROPRIADO

Desculpe, mas se você está querendo mudar e, de uma vez por todas, tirar sua camisa na praia e mostrar que a forma de V da cintura para os ombros, você deve levar em conta o que você faz fora do ginásio. Este é, sem dúvida, um fator determinante para alcançar resultados sustentáveis ​​ou desperdiçar seu tempo e energia.
Uma dieta relativamente “limpa” pode ser desequilibrada por uma dieta pobre nos fins de semana ou um alto consumo de álcool. Quando você não dorme tanto quanto necessário, sua sensibilidade à insulina diminui e seu cortisol cresce. Para não ficar louco, direi que nenhum desses casos é ideal para perda de gordura.

Muitas pessoas ignoram esse aspecto e podem ser um dos fatores mais importantes em toda a lista. Então, se você está lendo este artigo uma da manhã e está comprometido em mudar seu corpo, desligue a luz já, boa noite! Você deve sempre ter 7-8 boas horas de sono. Mais horas de sono melhoram tudo, não apenas sua aventura com treinamento.

Além disso, quando você está estressado, seu corpo tende a armazenar mais gordura corporal. O controle do estresse é freqüentemente desvalorizado na busca por perda de gordura. Leve o seu tempo livre, relacionar, rir, fazer algo divertido … e tente não levar as coisas muito a sério.

Resolva: SLEEP. DESCANSO, NÃO ESFREGUE …!

08 \ VOCÊ ESTÁ FUNCIONANDO, PEDALING, NADANDO … MUITO

Correr ou ficar em um elíptico por uma hora todos os dias terá muito a ver com a melhoria da aptidão cardiorrespiratória, mas com a perda de gordura e a construção de um corpo atlético. Quanto mais cardio deste tipo você faz, mais eficiente seu corpo se torna em queimar calorias. Parece bom no começo, mas é o oposto do que você quer alcançar. Se você costumava queimar 300 calorias correndo por 30 minutos, agora você vai queimar 250 correndo ao mesmo tempo, devido à maior eficiência. Seu corpo agora requer menos energia para completar sua missão. Em outras palavras … você está na zona de conforto!

Basicamente, se você correr ou andar de bicicleta apenas com o objetivo de queimar 300 calorias, você pode fazê-lo simplesmente cortando as 300 calorias da sua dieta diária.

Se seu objetivo ao fazer cardio é simplesmente queimar calorias, é mais eficaz simplesmente comer menos.
Nota: Ojo !, outra coisa muito diferente é se você está olhando com a raça contínua ou outra atividade uniforme para melhorar sua capacidade respiratória e pulmonar e, portanto, sua saúde, mas não estamos falando sobre isso neste artigo. Para queimar gordura, existem outros métodos mais eficazes do que correr e correr a um ritmo baixo.

Como perder peso rapidamente comendo bem

Como perder peso rapidamente comendo bem

No momento da perda de peso, o ideal é perder entre um quilo e um quilo e meio por semana. O sonho de muitas mulheres é perder peso rapidamente, especialmente quando você tem o compromisso social ocasional ao virar da esquina. Não desanime se você quiser experimentar esse belo vestido e ele não fechar o zíper.

Leia também: Dermaroller funciona

Hoje venho conversar com você sobre como você pode se alimentar e cuidar de si mesmo para eliminar a gordura que foi instalada sem a sua permissão nos lugares mais visíveis do seu corpo. Eu vou lhe dar uma série de idéias que nunca são uma dieta, e nem é muito restritiva.

É uma dieta especial que você pode realizar por um período de uma semana, dez ou até quinze dias. Mas, além desse tempo. Aconselho-o a consultar o seu médico para continuar com esta fórmula que ajuda a perder peso rapidamente.

Você quer saber qual é a melhor maneira de perder peso? Venha comigo!

Perder peso rapidamente

Tabela de conteúdos [ocultar]

1 O que fazer para perder peso rapidamente
1.1 Dicas de alimentação com as quais você saberá como perder peso rapidamente
1.1.1 Cafés da manhã
1.1.2 Refeições e jantares
1.1.3 Meio da manhã e lanches
1.1.4 Dicas para melhorar ainda mais o seu plano alimentar
2 Sport, o outro grande protagonista para perder peso rapidamente
2.1 Precauções que você deve ter se decidir praticar o treinamento HIIT
2.2 Outras formas muito saudáveis ​​de praticar esportes e perder peso
2.3 LEIA MAIS SOBRE AS DIETAS PARA PERDER PESO
O que fazer para perder peso rapidamente
Você sabe que, se quiser perder peso, é melhor colocar-se nas mãos de um médico especialista; Projetará para você uma dieta adequada às suas necessidades nutricionais, seu estado de saúde e o objetivo que você estabeleceu para si mesmo.

Mas também há momentos em que o tempo é curto e você precisa se sentir muito mais bonita para aquele evento, aquelas férias na praia ou aquela festa especial onde você quer ficar espetacular.

O funcionamento do nosso corpo é muito complexo mas, ao mesmo tempo, fácil de entender. A maneira mais eficaz de perder peso rapidamente, sem dietas, é realizar uma dieta adequada que acelere o metabolismo para que o corpo queime gordura e, assim, seja capaz de perder peso; e também é essencial exercitar. Se você executar esses dois pilares corretamente, você terá a garantia de perder peso.

Perder peso

Mas aqui eu quero falar com você sobre como perder peso rapidamente. Se você quiser notar uma melhora significativa em seu corpo em tempo recorde, preste atenção nas dicas a seguir.

Dicas de alimentação com as quais você saberá como perder peso rapidamente
Proponho um plano alimentar especial que você possa realizar por alguns dias sem passar fome. Não é um plano muito restritivo, então você pode colocá-lo em prática com tranquilidade, porque você não eliminará nenhum nutriente essencial de sua dieta.

O principal objetivo deste plano alimentar é a eliminação de líquidos e gorduras do seu corpo. Para isso, você deve comer mais saudável do que o normal, ter uma dieta muito suave e leve, e também tentar comer menos do que o habitual.

Dieta de limpeza líquida

Durante o primeiro dia do seu novo plano de alimentação, você deve apenas beber fluidos. Se você começar com essa dieta depurativa, estará ajudando a limpar seu corpo de dentro e a eliminar todas as coisas ruins que acumulamos com o tempo. Beba muita água, caldos de vegetais, vegetais liquefeitos, sucos de frutas naturais e infusões depurativas.

Uma das coisas para perder peso rápido que eu mais gosto são infusões. O chá verde, o dente-de-leão, a cavalinha ou a bétula são ideais para abusar deles neste primeiro dia do seu novo plano alimentar. Mas nunca pare de tomá-los; Eles são muito saudáveis ​​e ótimos para o seu corpo.

A partir do segundo dia você pode executar todas essas instruções que detalho sobre como perder peso rapidamente.

Café da manhã
Antes de sentar para apreciar a refeição mais importante do dia, eu aconselho que assim que você acordar você bebe um ou dois (dois melhores) copos de água com o suco de um limão. Isso limpa muito o corpo, elimina toxinas e ajuda a queimar gordura. Espere 15 minutos e depois tome o café da manhã.

Pequeno-almoço saudável

Deixar todo o carboidrato para esta refeição do dia. Um bom café da manhã pode ser um grão integral (por exemplo, aveia, espelta, centeio) ou um sanduíche de pão integral. Se você quiser idéias de pequeno-almoço saudável neste artigo do blog você tem muitas idéias, para não ficar entediado.

Refeições e jantares
Os alimentos que você pode comer em abundância tanto no almoço quanto no jantar são: saladas, vegetais, caldos e vegetais, vegetais grelhados, cozidos. Eu aconselho você a usar aipo, é um vegetal muito depurativo e vai ajudar muito neste processo.

Não se esqueça de comer legumes, eles são muito benéficos e funcionam muito bem. Eu aconselho você a grelhar a carne e o peixe; embora eles também são muito bons cozido no vapor ou cozido.

Evite comer cereais no almoço ou jantar. Se você as deseja, pode comer arroz integral, por exemplo; mas tanto quanto duas vezes por semana. Eu aconselho você a deixar grãos inteiros no café da manhã. Neste post você tem idéias suficientes para jantares muito saudáveis.

Salada para almoço e jantar

Se você comer frutas não faça isso na sobremesa. Coma antes das refeições e espere de 15 a 20 minutos para começar a comer. Para a sobremesa, sugiro uma xícara de chá vermelho. Também é importante que você vista suas refeições com temperos picantes ; pimenta ou gengibre, por exemplo, aceleram o metabolismo e ajudam a perder peso.

No final do dia, beba dois copos de água com o suco de limão. Faça cerca de 15 minutos antes de ir para a cama; Com isso, você estará ajudando seu corpo a queimar gordura.

Meio da manhã e lanches
Para as refeições intermediárias do dia, aconselho cuidar da fruta; Neste período, quando você está aprendendo a perder peso rapidamente, eu aconselho você a comer frutas cítricas, porque eles são os que mais purificam. E é muito bom comê-los entre as refeições; assim, você evitará ter que esperar para começar a comer ou a comer.

Você também pode incluir nestes alimentos um pedaço de queijo fresco ou um punhado de nozes; algumas amêndoas, nozes ou avelãs são ótimas porque contêm gorduras saudáveis ​​e satisfazem você para aqueles momentos de fome entre as refeições.

Dicas para melhorar ainda mais o seu plano alimentar
Essas dicas que deixo aqui são muito importantes para atingir o seu objetivo de como perder peso rapidamente:

Faça 5 refeições por dia comendo pequenas quantidades, em vez de dois ou três mais. Desta forma, o seu metabolismo não vai diminuir e você pode perder peso.
Beba 2 litros de água todos os dias. Não beba álcool, sucos industriais ou refrigerantes; Eles têm muito açúcar e atrapalham seu objetivo de perder peso. Descarte também 0% de refrescos.
É essencial que você inclua proteínas em todas as suas refeições. Se você está perdendo peso rapidamente e não consome proteína, é fácil perder massa muscular e isso seria um problema de saúde.
Sementes de emagrecimento

Inclua alimentos com muita fibra no seu plano alimentar . Por exemplo, farelo de aveia ou sementes de linho ajudam a limpar e regular seu corpo. Adicione qualquer um desses dois alimentos para suas saladas, iogurtes ou bebidas.
Reduza o consumo de sal ao máximo. Se você puder eliminá-lo da sua dieta, será muito melhor. Lembre-se que o sal causa retenção de líquidos.
Eliminar radicalmente de seu consumo de açúcar na dieta e tudo o que é preciso. Converta açúcar branco e alimentos como pão branco, macarrão, biscoitos e padaria industrial para o seu inimigo número um.
Não coma farinhas ou massas brancas ou arroz. Se você quiser comer um pouco dessa farinha integral, é muito mais saudável.
Massa de emagrecimento para perder peso

Elimine a junk food do seu novo plano alimentar, bem como toda a comida preparada e processada.
Não cozinhe alimentos com molhos, massa, empanados ou fritos.
Eu aconselho você a beber dois copos de água antes de começar a comer ou jantar; Ele vai encher o seu estômago, proporcionando-lhe uma agradável sensação de plenitude. Então você vai comer menos quantidade.
O esporte, o outro grande protagonista para perder peso rapidamente
Tenho certeza que muitos de vocês se perguntam como posso perder peso rapidamente. Você pode encontrar métodos maravilhosos e ultra-rápidos para remover esses quilos extras. Mas, caro leitor, o melhor tratamento para perder peso rapidamente é o esporte. O esporte é a gasolina que seu corpo precisa para acelerar seu metabolismo e forçá-lo a queimar a gordura que sobra.

Uma rotina de exercícios muito recomendado quando você coloca em prática este tipo de planos de dieta para perder peso rápido é fazer 45 minutos de cardio todos os dias. Se você não tem muito tempo, você pode fazer 30 minutos pela manhã e 30 minutos pela tarde. É muito importante que você inclua também uma sessão de tonificação, especialmente nas áreas do corpo que deseja endurecer.

Treinamento Cardio

Mas, sem qualquer dúvida, o treinamento que você deve seguir se você se perguntar como perder peso rapidamente é treinando em intervalos de alta intensidade, ou HIIT (High Intensity Interval Training). É uma rotina esportiva que foi inicialmente projetada para atletas profissionais, mas logo o mundo fitness adaptou para seus treinos.

É uma prática que consiste em fazer intervalos de treinamento muito intensos combinados com intervalos mais silenciosos. Os tempos de ambas as freqüências são totalmente variáveis ​​e estão sujeitos ao seu ritmo.

Por exemplo, se você tem o hábito de se exercitar ao ar livre, pode fazer 30 segundos de treino intensivo e outros 30 segundos (ou o tempo que você quiser) de caminhada. Ou se você for de bicicleta você também pode fazer esses 30 segundos de maior intensidade.

Treinamento Avançado HIIT

O tempo total em que você faz esses intervalos também é muito subjetivo. Você pode ter 15 ou 20 minutos; Ele acha que é um treino muito difícil, e não é você quem decide por quanto tempo. É o seu corpo que te avisa mesmo quando dura. Existem muitas academias que possuem esse tipo de treinamento muito integrado em suas atividades.

Precauções que você deve ter se decidir praticar o treinamento HIIT
Não é necessário que você faça isso todos os dias; Você pode fazer isso duas ou três vezes por semana como complemento ao seu treinamento cardiovascular diário. Eu aconselho você a fazer este exercício pela manhã, é quando seu corpo fica mais rápido metabolismo.

Algo que eu amo no HIIT é que ele aumenta as calorias que você queima quando termina sua sessão de esportes de rotina. E, ao nível da saúde, é altamente recomendado porque melhora a capacidade pulmonar, melhora também a capacidade cardiovascular e a ansiedade e o stress.

No entanto, há alguns detalhes que você deve ter em mente antes de começar a trabalhar com este treinamento:

Não comece a praticar HIIT se você não praticar esportes regularmente
Não pratique se você estiver com excesso de peso
Também não é recomendado praticar o HIIT se você for um pouco mais velho
Também é contra-indicado se você tem alguma doença cardíaca ou hipertensão arterial
Outras formas muito saudáveis ​​de praticar esportes e perder peso
Não se preocupe se você não puder fazer um treinamento HIIT; Há muitas outras formas de praticar esportes que você pode fazer sem problemas e com ótimos resultados.

Um truque, beba uma xícara de chá verde antes de iniciar sua rotina diária de exercícios. Isso ajudará você a queimar mais gordura durante o treinamento.

Caminhada de perda de peso

Você já sabe como perder peso rapidamente com o plano de alimentação que proponho neste artigo. Além de implementá-lo com exercícios diários, tenha a menor chance de se mover.

Caminhe o máximo que puder, suba as escadas se puder evitar o elevador, mantenha-se ativo e verá como em duas semanas você perceberá seu corpo muito melhor, mais tonificado, mais saudável, mais limpo e com menos peso, o que acha? .

Você conheceu este método para perder peso rapidamente? Você vai colocá-lo em prática ?, me diga!

Fonte: https://www.valpopular.com/dermaroller-funciona/

Quais remédios naturais para a disfunção erétil funcionam?

Quais remédios naturais para a disfunção erétil funcionam?

Se você está entre os cerca de 30 milhões de homens nos Estados Unidos que têm disfunção erétil (DE), então você pode estar pensando em tentar alguns remédios naturais para a disfunção erétil, além de fazer mudanças na dieta e no estilo de vida para melhorar sua saúde sexual. Muitos homens estão se voltando para remédios naturais para disfunção erétil em vez dos medicamentos e outros tratamentos para ED que estão disponíveis no mercado.

Se você está entre o crescente número de homens que estão pensando em usar tratamentos naturais ou fazer mudanças no estilo de vida, o primeiro passo é consultar um médico. A obtenção de um diagnóstico profissional da disfunção erétil é importante porque a maioria dos casos está associada a condições médicas, como aterosclerose, doença vascular ou diabetes. Você e seu médico devem conhecer seu estado de saúde antes de tentar qualquer remédio natural para a disfunção erétil, para evitar quaisquer efeitos colaterais ou complicações.

Remédios naturais para a disfunção erétil: nutrientes e ervas
Carnitina: A carnitina é um aminoácido que desempenha um papel importante na produção de energia, mas também é um ator fundamental como tratamento de disfunção erétil. Em um estudo comparativo entre carnitina e testosterona em homens com baixa libido, depressão e fadiga, seis meses de tratamento melhoraram o desempenho sexual em ambos os grupos de homens, mas a carnitina foi um tratamento mais eficaz para a disfunção erétil do que a testosterona. . (Cavallini) A carnitina deve ser utilizada apenas sob a supervisão de um profissional de saúde com conhecimento. Tomar mais de 3 gramas por dia pode causar diarreia, náusea, vômito e odor de peixe.
Catuaba: A erva catuaba é derivada de uma árvore que cresce no Brasil. Três alcalóides da catuaba, denominados catuabina A, B e C, são creditados com sua capacidade de servir como um remédio natural para a disfunção erétil. Embora a catuaba tenha poucas evidências científicas sobre sua potência no tratamento da impotência, existem muitos relatos positivos e uma longa história de seu uso entre os povos nativos. Uma dose padrão é de 1 a 2 gramas em cápsulas por dia.
Ginkgo biloba: As sementes da árvore ginkgo biloba contêm terpenóides, um composto que melhora o fluxo sanguíneo, uma característica que é importante para o tratamento da disfunção erétil. Evidências científicas corroboram afirmações de que o ginkgo produz resultados satisfatórios, incluindo um estudo publicado na Human Psychopharmacology, no qual os pesquisadores relataram “algumas respostas individuais espetaculares” entre os homens que tomaram o remédio herbal. (Wheatley) Uma dose padrão para o tratamento da disfunção erétil é de 120 a 240 mg por dia, padronizada para conter 24 a 32% de glicosídeos e 6 a 12% de terpenóides.
Ginseng: O ginseng asiático (Panax ginseng) tem sido valorizado como um dos remédios naturais para a disfunção erétil. Uma revisão de sete ensaios clínicos randomizados de ginseng vermelho usado para tratar a disfunção erétil relatou que, em geral, o uso de ginseng forneceu um benefício significativo no tratamento da disfunção erétil, mesmo para homens cujas dificuldades de ereção estavam relacionadas a problemas psicológicos. (Jang) Uma dose sugerida de ginseng é de 200 mg duas vezes ao dia, padronizada para 4 a 7% de ginsenosídeos.
Erva daninha de cabra com tesão: Estudos de plantas daninhas de cabra com chifres sugerem que este remédio herbal deve seu efeito a um flavonóide chamado icariin. A pesquisa indica que a icariina relaxa o tecido peniano pelo óxido nítrico e inibe a atividade do PDE-5, que é como funcionam os medicamentos para a disfunção erétil, como o Viagra. (Chen; Chiu; Shindel) A erva daninha de cabra com tesão também aumenta o desejo sexual. Até o momento, nenhum estudo identificou uma dose segura de erva daninha de cabra.

Leia também: Estimulante sexual masculino qual é o melhor
Maca: o folclore inca tem elogiado a capacidade da maca de melhorar o desejo sexual e a função sexual. Maca, que pertence à mesma família como brócolis e couve-flor, provou-se em estudos para estar entre os remédios naturais para a disfunção erétil. Um estudo, conduzido no Massachusetts General Hospital, descobriu que 3.000 mg diários são uma dose confiável. (Dording) Embora esta dose de maca parece ser seguro, o melhor é consultar o seu médico antes de usar a erva para a disfunção erétil.
Muira puama: A muira puama é a fonte deste remédio herbal para a impotência. Os caules e raízes da muira puama parecem aumentar o fluxo sanguíneo para a região pélvica. De acordo com 62% dos homens que participaram de um estudo de muira puama para disfunção erétil, a erva ‘teve um efeito dinâmico’, enquanto mais da metade dos homens em outro estudo disseram que muira puama melhorou sua função erétil. (Waynberg 1990, 1995) Uma dose típica de muira puama é de 0,5 a 1,5 gramas por dia, mas consulte seu médico antes de tomar este remédio herbal.
Tongkat ali: A árvore tongkat ali (Eurycoma longifolia) é nativa do Extremo Oriente e tem raízes que têm uma longa história de uso como tratamento natural para a disfunção erétil. Estudos científicos de tongkat ali foram feitos em animais, e eles

Como ter uma vida saudável?

Como ter uma vida saudável?

Importância da amamentação
No caso de bebês e gestantes, é muito importante o aleitamento materno, que, além da contribuição nutricional, é uma contribuição emocional e imune para o bebê. O leite materno é mais fácil de digerir e é um fluido que muda com as necessidades da criança. Contribui para o desenvolvimento maxilofacial adequado e, se a mama do bebê, está livre de germes.

Também é bom para a mãe, pois favorece a contração do útero, a perda de peso e gordura acumulada durante a gravidez e está sempre disponível.

Não fumar
É uma ação com efeitos quase imediatos na saúde, reduzindo, além disso, o risco de morte prematura e favorecendo a cicatrização dos pulmões e do sistema circulatório.

Caso contrário, de acordo com a American Heart Association, você tem mais risco de ataque cardíaco, derrame, câncer, coágulos sanguíneos, aneurismas e doença coronariana, se você fuma.

Coma uma dieta saudável
De acordo com o estudo Global Burden of Disease Study, uma dieta inadequada é o fator que causa mais mortes e incapacidades no mundo desenvolvido.

Nesse sentido, recomenda-se reduzir o consumo ou não consumir certos alimentos, como as gorduras saturadas que são utilizadas na preparação de alimentos preparados e congelados e em doces industriais, sal ou sódio e açúcares adicionados. Também é recomendado reduzir o consumo de alimentos com muito colesterol.

A dieta deve ser variada, e é recomendado que alimentos ricos em fibras, frutas, vegetais e proteína magra façam parte dela. Além disso, é essencial beber muita água, um nutriente essencial sem calorias, sozinho ou em infusões e eliminar bebidas alcoólicas ou refrigerantes do tipo industrial.

uma vida saudável

Fazer exercício
Ser saudável também depende de como cada um cuida de seu corpo. Por essa razão, manter uma vida ativa e se exercitar regularmente contribui para manter a máquina do corpo lubrificada e funcionando corretamente. Isto é especialmente importante porque a vida moderna tende a ser sedentária, especialmente nas cidades.

Assim, uma pesquisa da UCO, mostrou como resultado que quase um quarto dos espanhóis não realiza nenhum tipo de exercício. Não ande nem uma hora por semana. O problema acima é que o corpo, como a mente, se atrofia devido à falta de uso.

Portanto, se você encontrar um esporte, ou algum tipo de exercício que motive e goste, pratique-o com assiduidade, já que será uma melhoria para sua saúde. E não espere até que você tenha tempo para caminhar meia hora, por exemplo. Use o tempo que você tem disponível, mesmo em casa, em módulos de dez minutos. Tudo contribui para melhorar sua saúde.

Controle o nível de colesterol e a pressão sanguínea
No caso do colesterol, não deve atingir níveis superiores a 200 mg / dl. Embora, como 75% do colesterol no sangue seja produzido pelo organismo, há pessoas que precisam tomar cuidados especiais, porque seu corpo produz muito LDL.

No caso da pressão arterial, a pressão alta é especialmente perigosa, para a qual se recomenda, além de exercitar e evitar uma dieta pobre em sal, eliminar o álcool e o tabaco.

Perder o excesso de peso
Quando se fala de dieta, não só deve ser entendido o tipo de alimento que deve ser ingerido, mas tradicionalmente também se refere à quantidade, que deve ser moderada. Embora, de acordo com o Ensaio Clínico Randomizado DIETFITS, pela perda de peso, a quantidade não é essencial, mas sim a qualidade do alimento. Nem o genótipo nem a secreção de insulina influenciam.

Leia também: Cromofina funciona

É importante ter em mente que a obesidade ou o excesso de peso fazem parte dos fatores de risco de muitas doenças, como doenças cardiovasculares ou diabetes. A massa corporal não deve exceder 25 e, se for de 30 medidas, deve ser tomada.

Diminuir o nível de açúcar no sangue
Diabetes, independentemente do seu tipo, aumenta o risco de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco. Portanto, os níveis de açúcar no sangue abaixo de 100 mg / dl de glicose em jejum devem ser mantidos.

Para isso, é aconselhável reduzir o consumo de açúcar e refrigerantes, além do exercício progressivo. A frequência das refeições também pode ajudar a reduzir os picos de açúcar no sangue e aumentar o desempenho (comer entre 4 e 5 vezes por dia é o que eles defendem, entre outros, a dieta da área).

A adoção desses hábitos reduz o risco de doenças e, além disso, se necessário, o médico pode prescrever a medicação apropriada.

Disfunção erétil: aprender a relaxar

Disfunção erétil: aprender a relaxar

Quais são algumas técnicas que posso usar para relaxar?
Para alguns homens, ficar estressado pode deixá-lo irritado, mas para outros, muito estresse pode causar problemas sexuais, como a disfunção erétil. Para esses homens, aprender a relaxar e aliviar o estresse é tudo o que pode ser necessário para tratar a disfunção erétil.

Leia também: Viagra Natural

Quais são algumas técnicas que posso usar para relaxar?
Para aprender a relaxar, você precisa se familiarizar com seus próprios padrões de respiração e modificá-los de forma a ajudá-lo a relaxar. Seu padrão de respiração é freqüentemente interrompido por mudanças na emoção. As pessoas que estão ansiosas tendem a prender a respiração e a falar em voz alta enquanto exalam. Por outro lado, as pessoas que estão deprimidas tendem a suspirar e falar em voz baixa enquanto exalam.

CONTINUE LEITURA ABAIXO
VOCÊ PODE GOSTAR
SLIDESHOW
Slideshow: Um guia visual para a disfunção erétil
O que é disfunção erétil? As imagens do WebMD explicam os sintomas, causas e tratamentos, incluindo medicamentos e abordagens alternativas, para a impotência.
Abaixo estão alguns exercícios de relaxamento. Mas primeiro, certifique-se de que você tenha um local tranquilo, livre de distrações, uma posição corporal confortável e um bom estado de espírito. Tente bloquear preocupações e pensamentos perturbadores.

Respiração rítmica: se a sua respiração for curta e apressada, diminua a velocidade respirando longa e lentamente. Inspire lentamente e depois expire lentamente. Conte devagar até cinco ao inspirar e conte lentamente até as cinco ao expirar. Ao expirar lentamente, preste atenção em como seu corpo naturalmente relaxa. Reconhecer essa mudança ajudará você a relaxar ainda mais.
Respiração profunda: Imagine um ponto logo abaixo do seu umbigo. Respire nesse local, enchendo seu abdômen com ar. Deixe o ar enchê-lo do abdômen para cima, em seguida, deixe sair, como esvaziar um balão. Com cada longa e lenta exalação, você deve se sentir mais relaxado.
Respiração visualizada: encontre um lugar confortável onde você possa fechar os olhos e combinar a respiração lenta com a imaginação. Imagine relaxamento entrando em seu corpo e tensão deixando seu corpo. Respire profundamente em um ritmo natural. Visualize sua respiração entrando em suas narinas, indo para os pulmões e expandindo o tórax e o abdômen. Então, visualize sua respiração saindo da mesma maneira. Continue respirando, mas cada vez que você inala, imagine que você está respirando mais relaxamento. Toda vez que você expira, imagine que está se livrando de um pouco mais de tensão.
Relaxamento muscular progressivo: Mude seus pensamentos para você e sua respiração. Respire fundo algumas vezes, exalando lentamente. Faça uma varredura mental do seu corpo. Observe as áreas que parecem tensas ou apertadas. Solte rapidamente essas áreas. Deixe de tanta tensão quanto você puder. Gire sua cabeça em um movimento suave e circular, uma ou duas vezes. (Pare qualquer movimento que cause dor). Role os ombros para frente e para trás várias vezes. Deixe todos os seus músculos relaxarem completamente. Lembre-se de um pensamento agradável por alguns segundos. Respire fundo novamente e expire lentamente. Você deve se sentir relaxado.
Relaxe com a música: combine exercícios de relaxamento com sua música favorita em segundo plano. Selecione o tipo de música que eleva o seu humor ou que você ache reconfortante ou calmante. Algumas pessoas acham mais fácil relaxar enquanto ouvem fitas de áudio de relaxamento especialmente projetadas, que fornecem instruções de música e relaxamento.
Relaxamento de imagens mentais: o relaxamento de imagens mentais, ou imagens guiadas, é uma forma comprovada de relaxamento focado que ajuda a criar harmonia entre a mente e o corpo. As imagens guiadas orientam você na criação de imagens calmas e pacíficas em sua mente – uma ‘fuga mental’. Identifique a auto-fala, ou seja, o que você diz a si mesmo sobre qualquer problema que tenha. É importante identificar uma conversa interna negativa e desenvolver uma conversa interior saudável e positiva. Ao fazer afirmações, você pode neutralizar pensamentos e emoções negativos. Aqui estão algumas afirmações positivas que você pode praticar:
Deixe de lado as coisas que não posso controlar.
Eu sou saudável, vital e forte.
Não há nada no mundo que eu não possa suportar.
Todas as minhas necessidades são satisfeitas.
Eu estou completamente e totalmente seguro.

O que é disfunção erétil?

O que é disfunção erétil?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o significado de disfunção erétil ou impotência sexual masculina corresponde à “incapacidade persistente ou recorrente para alcançar e/ou manter uma ereção suficiente para uma atividade sexual satisfatória”.

A disfunção erétil considera-se primária caso se apresente logo desde as primeiras relações sexuais. A disfunção erétil considera-se secundária caso surja em indivíduos que tenham tido previamente uma boa função erétil. Por sua vez, a incapacidade de manter uma erecção pode surgir em todas as relações sexuais (disfunção erétil permanente) ou apenas manifestar-se em determinadas condições (por exemplo em fases de stress psicológico ou cansaço) ou com determinadas parceiras sexuais (disfunção erétil situacional).

Estima-se que entre 5 a 20% dos homens possam ter disfunção erétil (aproximadamente 13% em Portugal), percentagem que aumenta progressivamente com a idade, podendo atingir os 50 a 75% a partir dos 70 anos.

Disfunção erétil – causas
Existem múltiplas causas para a origem da disfunção erétil. Na maioria dos homens, a causa é sobretudo multifactorial, ou seja, estão presentes vários fatores causais em simultâneo.

O mecanismo fisiológico para a erecção pressupõem o correto funcionamento de diferentes sistemas orgânicos, nomeadamente, o psicológico, o hormonal, o vascular e o neurológico. Assim os fatores responsáveis pela disfunção erétil podem ser divididos em:

Factores vasculogenicos
Este é um dos mecanismos mais comuns da disfunção erétil. Os fatores de risco mais frequentes para uma causa vascular são: o tabagismo, o alcoolismo, a hipertensão arterial, a diabetes mellitus, a dislipidemia (colesterol elevado), a obesidade, entre outras.

A existência de disfunção erétil de causa vasculogenica deve ser considerada um sinal precoce de doença cardiovascular/aterosclerótica, principal causa dos enfartes cardíacos e acidentes vasculares cerebrais (AVC). Algumas lesões ou doenças do pénis também podem condicionar disfunção erétil por alteração da componente venosa do pénis: a curvatura adquirida (Doença de Peyronie), traumas do pénis ou alguns tipos de cirurgias do pénis (ver também o parágrafo de fatores neurogénicos) são os exemplos mais comuns. O aumento do tamanho da próstata (hiperplasia benigna da próstata – HBP) pode estar relacionado com alterações da função erétil, sendo que alguns autores atribuem esta relação apenas às alterações progressivas do envelhecimento. A presença de inflamação crónica da próstata (prostatite crónica) pode relacionar-se a algumas alterações da função sexual, nomeadamente com a ejaculação prematura.

Saiba mais: Prime Male o que é

Saiba, aqui, o que é prostatite crónica.

Factores neurogénicos
Estima-se que 10 a 19% dos casos de disfunção erétil tenham origem neurogénica, sendo que qualquer doença que afete o cérebro, a medula espinhal ou os nervos do pénis pode provocar falência do mecanismo da ereção. Dentro destas doenças e causas, as mais frequentes são: AVC, Alzheimer, demência, diabetes mellitus, traumatismos medulares (coluna vertebral) ou cirurgias pélvicas como a cirurgia da próstata (ex. prostatectomia radical – quando a próstata é retirada totalmente) ou a cirurgia do intestino (colo-rectal). A vasectomia (laqueação do ducto deferente bilateralmente) não se relaciona, normalmente, com alterações da função erétil.

Factores hormonais
O défice de androgénios (testosterona) pode traduzir-se em disfunção erétil e diminuição da libido (desejo sexual). Algumas doenças relativamente comuns podem causar défice andrógenico como a diabetes mellitus, a obesidade e o síndrome metabólico. Menos comuns são a lesão testicular por trauma, radioterapia ou tumor.

As alterações nos níveis de outras hormonas também podem provocar disfunção erétil como a elevação da prolactina (hiperprolactinémia) ou das hormonas da tiróide (híper e hipotiroidismo).

Factores psicogénicos
As causas psicogénicas (também conhecida por impotência psicogénica/psicológica) representam 10 a 20% dos casos. Estas incluem a depressão, o nervosismo, a ansiedade, o stress e o cansaço, ou problemas da relação com a parceira.

O aparecimento de um problema psicológico num doente com uma causa física minor pode despoletar o desenvolvimento de uma disfunção erétil grave, que até então não se tinha manifestado.

Factores medicamentosos / drogas
A deficiência na função da erecção pode ser atribuída a efeitos secundários de medicação ou outras substâncias. Dentro dos mais comuns incluem-se:
Psicotropicos: antidepressivos, anti-psicoticos, ansiolíticos ou anti-convulsivantes; anti-hipertensores: diuréticos tiazidicos, beta bloqueantes (nomeadamente propanolol), antagonistas da aldosterona (espironolactona, etc); Outros: anti-androgénicos (nomeadamente medicação utilizada no cancro da próstata), o tabaco (fumar cigarro etc) ou canabinoides, opioides (terapêuticos ou recreativos), álcool, etc..

Disfunção erétil e a idade
A disfunção erétil em jovens normalmente é devida apenas a um factor. Esta pode surgir mais frequentemente em contexto de problemas psicológicos, malformações anatómicas/vasculares ou problemas hormonais. No jovem previamente saudável, sem antecedentes traumáticos da região genital, as causas mais comummente identificadas são o stress, o medo do desempenho sexual, a ansiedade ou a coexistência de outras disfunções sexuais como a ejaculação prematura (ou precoce).

Por outro lado, em idosos é mais comum a presença de vários factores a contribuir para a presença da disfunção erétil, nomeadamente as causas vasculares, neurogénicas e medicamentosas.

A idade constitui assim um fator de risco para o aparecimento da disfunção erétil, dada a intima dependência desta patologia com outras doenças mais frequentes em idades avançadas como sejam a hipertensão (pressão arterial alta), a diabetes, a dislipidemia, a demência, etc..

Disfunção erétil – sintomas
Os sinais e os sintomas mais comuns são:

Incapacidade em obter uma ereção com rigidez suficiente para a penetração;
Ereção fugaz, ou seja, ereção de duração insuficiente para uma relação sexual satisfatória;
Diminuição do número de erecções espontâneas (noturnas, matinais).
Estes sintomas podem surgir em todas ou quase todas as relações sexuais ou apenas esporadicamente.

Alguns sintomas e sinais podem estar relacionados com as doenças subjacentes à disfunção erétil como a presença de curva ou placas duras no pénis, hipertensão arterial, cansaço fácil, angina de peito (angor), claudicação (dor nas pernas pouco depois de começar a andar), diminuição da vontade sexual (libido), etc..

A presença de erecções noturnas (durante a noite) espontâneas ou com a auto-estimulação geralmente indicia um bom funcionante da componente orgânica do mecanismo erétil e uma provável falha de origem psicogénica (medo de não atingir a erecção, stress, cansaço, etc…).

Diagnóstico da disfunção erétil
O diagnóstico e estudo da disfunção erétil é feito, normalmente, pelo médico urologista (especialista em urologia).

O primeiro passo e o mais importante no diagnóstico de disfunção erétil é a correta colheita de uma história clinica explorando o início dos sintomas, a frequência e ocasiões em que surgem, a presença de ereções noturnas ou matinais espontâneas, o sucesso da auto-estimulação, etc..

O exame físico deve ser realizado em todos os doentes, enfatizando os sistemas genitourinário, vascular e neurológico. Deve ser avaliada a pressão sanguínea, pulsos periféricos, avaliação da próstata, do tamanho e textura dos testículos e anomalias do pênis (por exemplo, hipospadias – alteração da posição do meato uretral; placas duras no corpo do pénis – Peyronie).

Existem alguns testes laboratoriais que podem ser realizados no estudo das diferentes causas da disfunção erétil como: avaliação do estado hormonal (testosterona, globulina de ligação de hormonas sexuais, hormona luteinizante [LH], prolactina, hormonas da tiroide), avaliação do colesterol e diabetes (hemoglobina A 1c, perfil lipídico), análise de urina ou testes funcionais específicos (prova vasoativa com prostaglandina, ecodoppler peniano, teste noturno de tumescência peniana, teste neurológicos, angiografias, etc..

O doente não deve ter qualquer tipo de receio ou vergonha em procurar o médico urologista, tendo em vista o diagnóstico e instituição de um plano de tratamento.

Complicações da disfunção erétil
A disfunção erétil vai inevitavelmente causar alguma ansiedade ou mesmo estados de depressão, sendo vital para os doentes manterem o seu relacionamento com o parceiro ou cônjuge o mais regular possível até que seja encontrada uma solução. As mais recentes e variadas técnicas terapêuticas podem ajudar mais de 90% dos problemas de ereção.

A maioria das complicações mais graves registadas em doentes com disfunção erétil estão dependentes da doença de base que levou ao défice da função erétil: a hipertensão arterial, a obesidade, a diabetes melitus ou a dislipidemia são doenças com predisposição ao aparecimento de patologia cardiovascular como o enfarte agudo do miocárdio ou o acidente vascular cerebral.

É fundamental nos doentes com disfunção erétil uma estratificação correta do risco cardiovascular e a promoção de medidas gerais para diminuir esse mesmo risco.

Disfunção erétil tem cura?
O tratamento da disfunção erétil depende do problema subjacente. Ou seja, apenas após diagnóstico por parte do médico se poderá instituir o plano de tratamento e que será estabelecido de acordo com as causas subjacentes.

Algumas causas respondem melhor ao tratamento farmacológico, por sua vez, outras são sede de psicoterapia sexual. Assim, a probabilidade de cura definitiva varia com a gravidade da disfunção assim como com a patologia (doença) subjacente a esta.

Novas e variadas técnicas terapêuticas têm vindo a ser desenvolvidas, permitindo resolver mais de 90% dos problemas relacionados com a impotência sexual masculina.

Saiba, de seguida, como tratar a disfunção erétil.

Disfunção erétil – tratamento
Todos os doentes devem ser incentivados à prática de hábitos saudáveis como o exercício físico regular, a perda de peso, fazer uma alimentação cuidada, rica em vitaminas e anti-oxidantes e pobre em gorduras, a evicção tabágica e alcoólica. O correto controlo da tensão arterial, do colesterol e das glicemias é fundamental nos doentes que sofrem destas patologias.

Muitos pacientes com impotência sexual também apresentam doenças cardiovasculares; assim, o tratamento da disfunção erétil deve levar em consideração os riscos cardiovasculares.

Os tratamentos mais comuns para a disfunção erétil incluem:

Aconselhamento sexual, se há causas não orgânicas para a disfunção;
Medicamentos (ou remédios) orais:
Inibidores da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5) – Sildenafil, Vardenafil, Tadalafil, Avanafil;
Terapêutica de substituição hormonal: em casos de défice hormonal (testosterona em preparações orais – raramente usadas -, injetáveis, gel e transdérmicas;
Medicamentos aplicados localmente (prostaglandinas tópicas uretrais);
Medicamentos para Injeção peniana: recomendados em pacientes refratários (sem eficácia) ou com contra-indicação à medicação tópica ou oral. São exemplos as prostaglandinas intracavernosas;
Dispositivos externos de vácuo e constrição;
Cirurgia (ou operação), como por exemplo as próteses do pénis.
O recurso a ervas, chã ou outros produtos naturais pode ser perigoso caso não seja recomendado pelo seu médico. Muitos dos produtos vendidos no “mercado negro” ou em sites da Internet são de origem muito duvidosa e podem comprometer gravemente a sua saúde podendo inclusive originar graves doenças ou mesmo a morte. O melhor tratamento ou remédio caseiro é mesmo modificar o estilo de vida para melhorar a função vascular de cada um (por exemplo, não fumar, ter cuidados com a alimentação, manter o peso corporal ideal e fazer exercício físico de uma forma regular).

O doente não deve em caso algum automedicar-se sob pena de poder agravar o problema e inclusive colocar a sua própria vida em risco. Deve tomar a medicação atrás descrita ou outra eventualmente prescrita pelo médico, sempre de acordo com a prescrição médica e acabar a terapêutica apenas quando for indicado.

Nunca é de mais referir que as diferentes técnicas terapêuticas podem ajudar a resolver mais de 90% dos casos de disfunção erétil. Neste sentido, é muito importante que o doente não tenha qualquer tipo de vergonha em procurar o médico, de modo a diagnosticar o problema e instituir um plano de tratamento para o seu caso.